Lito Vidigal: «Vamos ter um ano mais difícil»

Técnico sublinha que permanência é o objetivo

• Foto: Manuel Araújo/Arquivo

O treinador do Arouca, Lito Vidigal, lembrou este domingo que o objetivo é a permanência na Liga NOS, algo que ficará mais próximo se vencer na segunda-feira o Rio Ave, na 13.ª jornada (20 horas).

"Vamos ter um ano mais difícil, muito diferente da época passada, que foi um ano de sonho para todos os arouquenses. Não é porque ganhámos um jogo ou dois que vamos mudar o nosso rumo. Vamos continuar a ser sérios no trabalho, organizados, inteligentes e continuar a nossa caminhada para atingir o nosso objetivo que é a manutenção", afirmou o técnico, em conferência de imprensa de antevisão à receção ao Rio Ave.

O Arouca vem de dois triunfos seguidos no campeonato e é 12.º classificado, com 14 pontos. Também a equipa de Vila do Conde vem de duas vitórias consecutivas na Liga NOS, conquistadas depois de consolidada a mudança de treinador, com a chegada de Luís Castro, ocupando o sétimo lugar, com 17 pontos.

Sobre o adversário de segunda-feira, Lito Vidigal considera que é uma equipa forte, com histórico de bons resultados na Liga.

"É uma equipa forte, com jogadores com qualidade, que nos últimos anos nos vem habituando a estar nos lugares de cima da tabela, que todos os anos os anos tem participado nas competições europeias, esses sim, de forma muito mais estruturada e cimentada do que nós. Nós tivemos a felicidade de poder participar no ano passado, mas o Rio Ave tem tido essa sequência, tem sido regular na conquista desse espaço", considerou.

Apesar do valor do adversário, que, lembrou Lito Vidigal, "venceu bem a equipa do Sporting [3-1]", o treinador do Arouca não pensa noutra coisa que não passe por vencer o desafio.

"Independentemente do adversário, respeitamos, mas queremos ganhar e vamos trabalhar sempre com intenção de vencer. Hoje trabalhámos, amanhã [segunda-feira] vamos jogar e queremos ganhar", vincou.

Para este jogo, Lito Vidigal não conta com Velázquez e Sancidino, a recuperar de pequenas lesões, e Zequinha, a restabelecer-se de uma gripe, mas espera contar com os adeptos, porque "sempre que sentiram o conforto dos adeptos, os jogadores estabilizaram, jogaram de forma tranquila e o Arouca conseguiu ganhar".

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Arouca

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.