Sintético não é desculpa

Nuno Coelho confiante para a estreia europeia

• Foto: Amândia Queirós

Já se sabia que o encontro de hoje seria disputado em relvado sintético, adotado pelo Heracles quando remodelou o seu estádio, há pouco mais de um ano. Ninguém esconde que essa é uma adversidade, mas não será por aí que o Arouca deixará de procurar um bom resultado. "É certo que não estamos habituados. Fizemos alguns treinos, mas não vamos arranjar desculpas. O sintético será mais uma adversidade que vamos ultrapassar", atirou o capitão Nuno Coelho, isto já depois de Lito Vidigal ter desvalorizado o atraso de hora e meia no voo de ontem, e que obrigou ao adiamento da conferência e treino em 45 minutos.

Confiança presidencial

O presidente Carlos Pinho confia no potencial da equipa nesta Liga Europa, o que não deixará de tirar o foco do clube no campeonato. "Sabemos que outras equipas balancearam na Liga quando chegaram à Europa, mas o Arouca não vai balancear em nada", atirou, num dia em que também sublinhou que não está nada preocupado com as verbas que o clube pode somar pela presença na prova da UEFA: "O dinheiro nunca contou para mim. Não penso nisso, mas sim no orgulho de cá estar."

No final do treino, cerca de 40 adeptos foram jantar com a direção do clube a convite do líder.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Arouca

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.