André Santos revela expressão de Rui Vitória: «Vocês são 'jigadores', para jogadores ainda falta»

Médio foi orientado pelo técnico no Fátima e no V. Guimarães

• Foto: SE Record
André Santos concedeu uma entrevista ao 'Expresso' onde falou sobre o facto de ter sido treinado por Rui Vitória, primeiro no Fátima e depois no V. Guimarães. O médio começou por contar que foi Paulo Bento quem o aconselhou a ser emprestado, quando jogava pelos juniores do Sporting.

"Ele era o treinador da equipa A e chamou os jogadores que iam ser emprestados. Disse-me: 'O melhor para ti é seres emprestado, ires rodar. Acho que para ti o melhor é ires para Fátima, quem está lá é o mister Rui Vitória, aposta em jovens, é bom para ti'. E eu, sem ouvir mais opiniões, aceitei", referiu André Santos.

O jogador confirmou que o agora técnico do Al Nassr não tinha receio de colocar jovens em campo mas revelou que também se zangava de vez em quando: "Ele gostava muito de apostar nos miúdos mas quando tinha de dar umas duras, dava. Num dos primeiros jogos que tivemos na Taça fomos jogar com o Coimbrões, ao intervalo estávamos a perder e, no balneário, ele utilizou uma expressão, que ainda hoje me lembro e digo a brincar: 'Ó miúdos, vocês pensam que são jogadores? Vocês são 'jigadores', para serem jogadores ainda falta'".

Vitória chamou

No início de 2013/14, André Santos estava a fazer a pré-temporada no Sporting, mas sabia que havia algo de errado. Foi-lhe então apresentada uma proposta para sair mas recusou. Acabou por ser chamado por Rui Vitória para o V. Guimarães.

"Faço a pré-época no Sporting, aí já era o Bruno de Carvalho presidente. Estava em último ano de contrato com o Sporting, já tinha saído o Bruma a custo zero. Ele não queria que saíssem mais jogadores a custo zero. Fiz a pré-época toda, ninguém me disse nada. No dia do jogo de apresentação o Inácio vem ter comigo de manhã e diz que quem está em último ano de contrato não vai ser apresentado. Fiquei surpreso com aquilo. Na pré-época já achava estranho, sempre que havia jogos que passavam na televisão, eu não jogava. Os que não davam na televisão, jogava. Nunca percebi o porquê daquilo. Então e agora, vou ficar aqui? O Inácio disse que tinha uma oferta para o Qatar. Disse-lhe que não queria ir para o Qatar. Ele até ficou chateado. O Leonardo Jardim perguntava: 'Então André, eu queria convocar-te, o primeiro jogo é com o Arouca, mas não posso. Como é que está a tua situação?' Nessa altura o Rui Vitória já me tinha ligado. Estava a treinar o V. Guimarães, eles tinham ganho a Taça ao Benfica, iam jogar a Liga Europa. Como eu estava nervoso e revoltado por me terem feito aquilo, pedi para me deixarem sair para Guimarães", relatou.

Agora no Belenenses e com mais uma época de contrato, André Santos não fecha a porta a outros destinos: "Qualquer jogador pensa sempre em melhorar a situação contratual. Se tiver oportunidade de dar o salto para outro sítio em Portugal ou fora, é claro que gostaria. Logo se vê".
Por Luís Miroto Simões
3
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

Ultimas de B SAD

Notícias

Notícias Mais Vistas