Flavienses fecham contas de 2015 com passivo de 1,8 milhões de euros

Houve resultado líquido positivo de 113 mil euros em 2015

• Foto: José Ponteira

A assembleia-geral do Desportivo de Chaves aprovou esta terça-feira as contas de 2015, que apresentam um passivo de 1,8 milhões de euros, menos 31 mil euros do que em 2014.

O clube de Trás-os-Montes, da Segunda Liga, obteve um resultado líquido positivo de 113 mil euros, mais 98 mil euros face a 2014.

O relatório e contas do ano de 2015 do Desportivo de Chaves foram aprovados por maioria pelos 59 sócios presentes.

"O resultado líquido positivo do ano de 2015 deve-se, essencialmente, ao facto das quotas pagas pelo associados desde 2011 irem para o Desportivo de Chaves enquanto direção e não para a SAD. A SAD assume o futebol profissional e isso diminui os gastos do clube", afirmou Rui Martins, presidente do Conselho Fiscal do Chaves.

O presidente da direção do emblema azul-grená, Bruno Carvalho, fez um balanço positivo do exercício de 2015 porque o passivo diminuiu.

Além disso, sublinhou o aumento do número de sócios que esta temporada registou mais 854 relativamente à época passada.

"Há 2085 sócios pagantes num total de 4397", disse.

Em 2011, o clube esteve perto de fechar portas, devido a problemas financeiros, tendo sido salvo por um empresário da terra.

O Desportivo de Chaves está na vice-liderança da Segunda Liga - assumindo-se como cada vez mais candidato à subida -, com 66 pontos, mais dois do que o terceiro Famalicão e menos um do que o líder FC Porto B.

Por Lusa
Deixe o seu comentário
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Chaves

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.