Francisco José Carvalho: «Começo a temer a próxima época»

Presidente da SAD flaviense questiona viabilidade da prova em função das dificuldades financeiras

• Foto: DR Record

Francisco José Carvalho, presidente da SAD flaviense, está alarmado com os eventuais efeitos colaterais da pandemia da covid-19 e não só coloca em dúvida a sustentabilidade dos clubes,  como chega mesmo a questionar a viabilidade do campeonato da próxima temporada.

"Nesta altura a nossa maior preocupação prende-se com o que vai acontecer. Como vai ficar organizada a prova, porque há receio de uma segunda vaga, ou  se as coisas vão estar muito diferentes em Setembro", comentou o dirigente, sublinhando que "futebol sem público é complicado": "Se tivermos de jogar à porta fechada como é que os clubes vão sobreviver? Será tudo muito estranho, até para os protagonistas do espectáculo e é por isso que começo a temer o futuro. Além de que, sem a paixão dos adeptos, as receitas de bilheteira ou as quotas dos sócios o cenário fica demasiado atribulado".

Contexto de adversidade que Francisco José Carvalho defende ter de ser debatido antecipadamente de maneira a aconselhar e a defender todos os clubes. "Todos fazem falta porque o futebol é paixão, mas para haver competição têm de existir clubes e a verdade é que nestas condições vai ser muito difícil sobreviver", mencionou o presidente.

Por Paulo Silva Reis
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Chaves

Notícias

Notícias Mais Vistas