Há três recordes à vista

Vitória na Luz marcaria dois factos únicos, mas o empate também seria especial

• Foto: Lusa
Por Chaves anda tudo empolgado com a prestação da equipa. Após um arranque difícil, também fruto do sorteio do campeonato, a equipa de Luís Castro está a mostrar em campo todas as suas potencialidades e até já se aproximou dos tão desejados lugares de acesso às provas europeias. Os adeptos do Desportivo sonham alto, mas Luís Castro tem optado por um discurso mais prudente.

Mesmo assim, o treinador sabe que pode entrar para a história no jogo de depois de amanhã diante do Benfica. Uma vitória na Luz será, por si só, um facto único no historial dos transmontanos que, a confirmar-se a conquista dos três pontos, somariam, pela primeira vez, quatro vitórias consecutivas em jogos fora de casa a contar para o campeonato.

Dois enormes fatores de motivação adicional para um plantel que não quer desiludir quem sempre os apoia. Luís Castro já assumiu a ambição de, pelo menos, empatar com o Benfica e até mesmo esse resultado seria histórico: nunca os transmontanos somaram oito jornadas seguidas a pontuar no principal escalão do futebol português. Em 1989/90, José Romão pontuou em sete jogos. Castro pode fazer melhor.
Por Paulo Silva Reis
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

Ultimas de Chaves

Notícias

Notícias Mais Vistas