José Mota: «Gostaria muito que o V. Setúbal me pagasse»

Ainda a polémica entre flavienses e setubalenses

• Foto: Luís Vieira/Movephoto

O recente caso a envolver Chaves e V. Setúbal, onde os flavienses interpuseram um recurso para suspender a inscrição do V. Setúbal na 1ª Liga por alegadas dívidas dos sadinos, mereceu comentários por parte de José Mota, ele que ainda tem contas a acertar com os setubalenses.

"Eu gostaria muito que me pagassem, digo-o com toda a sinceridade. Estou há cinco, seis anos à espera que esta situação se resolva. Isto só prova  que o crime compensa e, portanto, o que se passa com o Chaves já se passou anteriormente com outros clubes e andamos aqui numa bola de neve onde ninguém se decide. Isto não está correto. Temos de ser sérios. Toda a gente sabe que sou credor do V. Setúbal, mas parece que ninguém quer agir em conformidade", afirmou o técnico dos transmontanos, que orientou o V. Setúbal entre 2011 e 2014.

Por Paulo Silva Reis
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Chaves

Chaves: Resistência sem casos a reportar

Jogadores receberam autorização da SAD para sair da região e o guardião Ricardo, por ser doente oncológico, é um dos que regressou para junto da família, mas a maioria optou por permanecer no Alto Tâmega, onde ainda não há registo de infetados por covid-19

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.