Luís Castro: «Resultado muito pesado para o que se passou em campo»

Treinador analisa derrota caseira perante o FC Porto

• Foto: MoveNotícias

Luís Castro, treinador do Chaves, analisou a pesada derrota deste domingo diante do FC Porto, dizendo que é normal que a equipa mostre mais fragilidades diante de adversários poderosos.

"Sempre que nós jogamos contra as equipas grandes, naturalmente a equipa mostra mais fragilidades porque as equipas adversárias de dimensão superior as expõem, é algo que é natural acontecer. Agora, quando nos pensamos e projetamos o jogo não pensamos que isso aconteça de forma tão evidente, pensamos sempre que podemos evitar determinadas coisas que acontecem nos jogos. Apesar dessas fragilidades, lembro que no início do jogo chegámos várias vezes à área do FC Porto e não conseguimos materializar em golo nenhuma dessas investidas, o FC Porto conseguiu fazê-lo, sempre que ia à nossa área criou algum perigo, isso foi evidente e sabíamos que isso podia acontecer, mas não podíamos fugir ao caminho que tínhamos traçado, tínhamos de continuar", frisou.

"Só consigo fazer crescer a equipa expondo a equipa e se ela perceber que ainda tem caminho a percorrer e ainda temos caminho a percorrer, ficou claro aqui hoje, embora tivéssemos 57% de posse de bola contra 43% do FC Porto não fomos uma equipa que fizesse com esses 57% o que devia ter feito, devíamos ter sido muito mais agressores no último terço do FC Porto, não fomos. E as vezes que o fomos não conseguimos materializar em golos, além de que não podemos terminar o jogo com oito faltas e o FC Porto com 23, isso mostra que equipa não se soube juntar no momento certo e não soube fechar a fonte onde nascia o jogo do FC Porto, que nasceu em muitos dos nossos erros", acrescentou o técnico.

Luís Castro sublinhou no entanto que este desaire não vai influenciar negativamente a equipa: "Nunca um jogo vai hipotecar tudo o que se fez até então, há trabalho efetuado pelos meus jogadores que não posso por em causa porque perdemos em casa por 4-0, um resultado muito pesado para o que se passou em campo, na minha opinião, mas não põe em causa o que fizemos até hoje, por si só é mau perder um jogo, quanto mais com este resultado, vai-nos atirar abaixo durante um ou dois dias, mas vamos continuar a trabalhar".

Por Lusa
1
Deixe o seu comentário
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Chaves

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0