Oficializar Assis e garantir Tiba

Brasileiro realiza hoje testes médicos em Braga e assina. Flavienses querem receber reforço

• Foto: Simão Freitas

Assis desloca-se hoje à Pedreira para realizar a tradicional bateria de exames médicos e assinar contrato até 2021, tal como Record já avançou. A atividade mais intensa do dia vai decorrer nos gabinetes, dado que o Chaves aceitou vender o brasileiro por um milhão de euros, como já ficou acertado entre as partes, mas exige mais contrapartidas para que fique coberta a proposta que tinha sido apresentada pelo FC Porto, pretendendo receber Pedro Tiba a título definitivo.

Trata-se de um dossiê que António Salvador quer separar das negociações relativas a Assis. Todavia, o facto é que Tiba já estava a perder espaço nas opções de Jorge Simão, ao ponto de nem ter sido convocado para a Taça CTT e, com a chegada do reforço oriundo de Chaves, a sua situação não tem perspetivas de melhoria.

As características do médio bracarense resolvem o problema criado no plantel dos transmontanos pela saída de Assis – aliás, tem tudo para ser imediatamente titular às ordens de Ricardo Soares, mas existem questões negociais que terão de ser clarificadas hoje. Em declarações produzidas ontem, o líder da SAD azul-grená, Francisco José Carvalho, manteve alguma cautela em relação ao fecho da operação entre os dois clubes que tem Assis coma peça primordial do puzzle: "As negociações prosseguem, mas ainda não estão fechadas. Não temos mais nenhum interessado. O Sp. Braga está a posicionar-me melhor, porque o jogador quer atuar lá."

Bressan e Davidson preenchem vagas

O treinador Ricardo Soares começa hoje a preparar a deslocação a Tondela com a certeza da indisponibilidade de Assis, pelo negócio que está praticamente concluído com os arsenalistas. Por outro lado, Braga terá de cumprir um jogo de castigo por acumulação de amarelos. Dupla vaga para preencher que deverá ser colmatada com a aposta em Bressan e o reposicionamento de Davidson no eixo, até porque Fábio Martins regressa às opções após castigo.

Por Pedro Malacó e Paulo Silva Reis
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Chaves

Chaves: Resistência sem casos a reportar

Jogadores receberam autorização da SAD para sair da região e o guardião Ricardo, por ser doente oncológico, é um dos que regressou para junto da família, mas a maioria optou por permanecer no Alto Tâmega, onde ainda não há registo de infetados por covid-19

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.