Ricardo Soares: «Vou tentar ajudar a que haja mais paz no futebol português»

Treinador do Chaves não quis falar de arbitragem

• Foto: LUSA

Num duelo com o Moreirense que no seu entender acabou por ter um resultado "justo" (0-0), Ricardo Soares elogiou a postura ofensiva e aguerrida da formação adversária, ainda que enalteça também o trabalho efetuado pelos seus jogadores.

"Penso que o Moreirense, devido [à importância] do jogo, fruto da classificação, entrou muito bem. Era um jogo determinante para eles e sabíamos disso. Esteve muito perto da nossa área. Mas acho que o resultado acaba por ser justo, os meus jogadores trabalharam muito. O Moreirense pressionou-nos muito. O Moreirense tem muito mérito na anulação do nosso jogo ofensivo. Sabíamos que íamos ser muito pressionados. Queríamos muito somar pontos para chegar aos 40", frisou o técnico.

Instado a abordar o lance do golo anulado ao adversário, Ricardo Soares optou por seguir a linha das últimas intervenções. "Já vi o lance, mas até agora não falei de arbitragem e vou fazer aquilo que faço em todos os jogos: ser coerente. Neste momento não tenho muita vontade de falar de arbitragem. Já há tanta gente a falar de arbitragem. Vou tentar ajudar a que haja mais paz no futebol português", finalizou.

Por Fábio Lima
Deixe o seu comentário
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Chaves

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0