Tolerância zero a Tiago Fernandes

Técnico viu lenços brancos na receção ao Santa Clara

O empate sem golos ante o Santa Clara, na última jornada, foi a gota de água que fez transbordar o desânimo dos adeptos flavienses face ao desempenho da equipa e às opções do técnico Tiago Fernandes.

Tolerância zero que o treinador já sentiu na pele após o nulo frente aos açorianos, concretamente quando se dirigiu às bancadas do recinto transmontano para pedir o apoio do público ao esforço dos jogadores e levou assobios e lenços brancos como resposta.

Pressão ainda sem repercussão junto da administração flaviense, mas suficiente para condicionar o horizonte de serenidade pretendido por Tiago Fernandes, até porque na próxima jornada os flavienses recebem o Rio Ave de Daniel Ramos. Nada mais nada menos do que o ex-treinador do Chaves, seu antecessor no cargo.

Elemento cujo trabalho chegou a ser criticado por Tiago Fernandes pouco depois de ter assumido funções em Trás-os-Montes, nomeadamente quando revelou, numa entrevista a um canal de televisão local, que encontrou um grupo "taticamente e fisicamente muito inferior as todas as equipas da primeira divisão".

Recorde-se que Tiago Fernandes chegou a Chaves em meados de dezembro, após a chicotada psicológica que afastou Daniel Ramos do comando. Soma 12 jogos para o campeonato na liderança dos flavienses, tantos quantos o seu antecessor realizou mas, apesar de ter melhorado significativamente o rendimento, com 13 pontos amealhados nos 20 que a equipa ostenta, ainda não foi capaz de tirar o Chaves dos lugares de despromoção.

Por Paulo Silva Reis e Pedro Malacó
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Chaves

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.