Ac. Viseu-Santa Clara, 2-1: Três pontos preciosos em jogo com seis expulsões

No capítulo da discipina 'ganharam' os açorianos, com quatro expulsos 'contra' dois

Carlos Pinto, treinador do Santa Clara, acabou expulso na partida de Viseu
• Foto: Filipe Farinha

O Ac. Viseu venceu este domingo o Santa Clara, por 2-1, em jogo em atraso da 32.ª jornada da 2.ª Liga, que acabou por ficar marcado por seis expulsões.

Tarde chuvosa e fria em Viseu, mas muito 'quente' dentro das quatro linhas e também nos bancos de suplentes. Miguel Libório, árbitro de Lisboa, expulsou quatro jogadores - dois de cada equipa - e ainda Carlos Pinto, treinador do Santa Clara, e o seu adjunto, Pedro Machado.

Quanto ao jogo, uma primeira parte em que o Ac. Viseu foi melhor e poderia ter marcado, por duas vezes. Primeiro, aos 4 minutos, Tiago Borges teve a melhor oportunidade da primeira parte, mas não conseguiu fazer golo, depois de um passe de Moses. Depois, aos 14, o guarda-redes Serginho negou, por duas vezes, o golo a Sandro Lima.

O Santa Clara só nos instantes finais da primeira parte teve uma jogada com perigo, com Bruno Miguel a evitar o golo dos açorianos.

Na segunda parte, Rúben Saldanha, aos 52 minutos, teve um remate perigoso para a baliza de Elísio e, pouco depois, aos 57, o Santa Clara chegaria à vantagem, com Diogo Santos a saltar mais alto que a defesa viseense e, de cabeça, a bater Elísio.

O Ac. Viseu viria a empatar ao minuto 57, após falta na área sobre Sandro Lima, que o próprio avançado brasileiro se encarregou de transformar.

Aos 76 minutos, o Santa Clara teria uma soberana oportunidade para voltar a ficar na frente do marcador, mas, Joel, recém-entrado na partida, cortou sobre a linha de golo.

O tento da vitória dos viseenses aconteceu na melhor jogada do encontro, com Luisinho a cruzar na direita, Paná a simular o remate e a deixar a bola para Bruno Loureiro, que rematou em jeito, e colocado, fora do alcance de Serginho.

Até final, pouco mais se jogou, já que a partida teve muitas faltas e várias expulsões.

Depois de Carlos Eduardo, do Ac. Viseu, ter sido expulso após a sua substituição e já no banco de suplentes, aos 89 minutos, foi a vez de Carlos Pinto e do seu adjunto, Pedro Machado, receberem ordem de expulsão.

Já no período de compensação, Pacheco terá pisado Sandro Lima já com o jogador academista no relvado, com o jogador brasileiro a receber também ordem de expulsão. Na sequência do mesmo lance, e na grande confusão que se gerou, vermelho também para Vítor Alves.

O A. Viseu a somou 3 pontos que permitiram à equipa deixar a zona de descida e subir ao 15.º lugar, com 41 pontos, enquanto o Santa Clara é quinto classificado, tendo sido alcançado na tabela pela Académica, ambos com 51 pontos.

Jogo disputado no Estádio Municipal do Fontelo, em Viseu
Árbitro: Miguel Libório (AF Lisboa)

Ac. Viseu: Elísio, Carlos Eduardo (Luisinho, 63'), Bura, Bruno Miguel, Stephane, Zé Paulo, Bruno Loureiro, Paná, Moses (Capela, 79'), Tiago Borges (Joel, 75') e Sandro Lima
Suplentes não utilizados: Tiago Gonçalves, Yuri, Rui Miguel e Zé Pedro
Treinador: Francisco Chaló

Santa Clara: Serginho, Igor, Vítor Alves, Accioly, Rui Silva (Berny Burke, 86'), Oama (Hugo Santos, 69'), Pacheco, Diogo Santos (Guilherme, 82'), R. Saldanha, João Reis e Clemente
Suplentes não utilizados: Pedro Soares, Felipe Barros, Adel Gamal e Joel Silva
Treinador: Carlos Pinto

Ao intervalo: 0-0
Marcadores: Sandro Lima (71', pen.) e Bruno Loureiro (80'); Diogo Santos (57')

Ação disciplinar: cartão amarelo para Igor (12'), Carlos Eduardo (36' e 65'), João Reis (39'), Bruno Miguel (42'), Clemente (60'), Vítor Alves (62') e Stéphane (74'). Cartão vermelho, por acumulação de amarelos, para Carlos Eduardo (65'). Cartão vermelho para Pacheco (90'+2), Vítor Alves (90'+2) e Sandro Lima (90'+2)

Assistência: Cerca de 450 espectadores

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de 2ª Liga

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.