Ac. Viseu-Oliveirense, 0-2: Viseenses desperdiçaram dois penáltis

Equipa de Oliveira de Azeméis conquista três pontos e 'respira' melhor na classificação

João Amorim

O Académico de Viseu perdeu em casa com a Oliveirense por 2-0, na 27.ª jornada da 2ª Liga, com os viseenses a desperdiçarem duas grandes penalidades e a ficarem mais longe dos lugares de subida.

Fati, aos 18, e um autogolo de Fábio Santos, aos 90+8, deram a vitória à Oliveirense, que, com os três pontos, 'respira' melhor na classificação, enquanto os viseenses podem queixar-se de falta de eficácia e de dois penáltis desperdiçados, para ficarem em branco e verem os lugares de subida ficarem mais longe.

Tarde fria, e muito chuvosa, na cidade de Viseu, onde Manuel Cajuda procurava a sua primeira vitória no Fontelo, frente a uma Oliveirense necessitada de pontos para fugir aos últimos lugares.

Fati aos 18 minutos, de cabeça, na sequência de um canto, adiantou a Oliveirense, na primeira vez em que a equipa de Pedro Miguel chegou até à área viseense.

A vencer, a Oliveirense cerrou fileiras e deixou que os comandados de Manuel Cajuda assumissem o controlo do jogo, mas, exceção a um remate perigoso de Capela, o Académico quase não criou perigo para Coelho.

Na segunda parte, logo a abrir, Brian Riascos isolou-se, mas rematou ao lado da baliza de Peçanha.

A partir daí, sentido único no jogo em direção à baliza de Coelho.

Mas, a história do jogo ficaria marcada por dois lances de grande penalidade, o primeiro a castigar uma falta sobre Nsor, que Sandro Lima desperdiçou, ao rematar à barra.

Já próximo do final da partida, um segundo penálti, após falta de Coelho sobre Sandro Lima. Zé Paulo, chamado à cobrança, permitiu a defesa ao guarda-redes da Oliveirense.

Com o jogo a acabar, aos 90+8 minutos, Serginho isolou-se pela esquerda e, quando cruzou, viu Fábio Santos desviar para a própria baliza, sentenciando a partida que terminou logo depois.

Com este empate, o Académico manteve-se com 41 pontos e viu aumentar para cinco a diferença para os lugares de subida à I Liga, enquanto a Oliveirense, agora com 32 pontos, deixou a zona 'vermelha' da tabela.

Jogo no Estádio Municipal do Fontelo, em Viseu.

Académico de Viseu - Oliveirense, 0-2.

Ao intervalo: 0-1.

Marcadores:

0-1, Fati, 18 minutos.

0-2, Fábio Santos, 90+8 (própria baliza).

Equipas:

Académico de Viseu: Peçanha, Tomé, Bura, Bruno Miguel (Fábio Santos,46), Kiko (Rui Miguel, 73), Capela, Zé Paulo, Fernando Ferreira (Barry, 46), Avto, Sandro Lima e Nsor.

(Suplentes: Jonas, Josel, Fábio Santos, João Mário, Paná, Rui Miguel e Barry).

Treinador: Manuel Cajuda.

Oliveirense: Coelho, Alemão, Sérgio Silva, Mathaus, Ricardo Tavares, Serginho, Filipe Gonçalves, João Mendes (António Oliveira, 83), João Amorim (Manuel Godinho, 63), Bryan Riascos e Fati (Diogo Valente, 61).

(Suplentes: Jenné, Diogo Sousa, Rafa, Sérgio Ribeiro, António Oliveira, Diogo Valente e Manuel Godinho).

Treinador: Pedro Miguel.

Árbitro: Bruno Esteves (AF Setúbal).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para João Amorim (42), Sérgio Silva (67), Coelho (84), Filipe Gonçalves (85) e Bryan Riascos (89).

Assistência: Cerca de 600 espetadores.

Por Lusa
1
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de 2ª Liga

Notícias

Notícias Mais Vistas