Record

Académica-Santa Clara, 0-1: Briosa soma segunda derrota em casa

Único golo da partida foi marcado por Pacheco na sequência de um canto

• Foto: Filipe Farinha
A Académica sofreu este domingo a segunda derrota caseira na edição 2017/18 da 2ª Liga, ao perder por 1-0 na receção ao Santa Clara, no encontro de abertura da 23.ª jornada da prova. O único golo da partida foi apontado aos 23 minutos, por Pacheco, na sequência de um canto.

A Briosa viu, assim, interrompida uma série de quatro jogos consecutivos sem perder, com três vitórias e um empate, e somou a segunda derrota em casa da época, tendo a primeira ocorrido em setembro, com o Benfica B (2-1).

O Santa Clara, que não perde há cinco jogos, passou a somar 35 pontos, menos cinco do que a Académica, que, apesar da derrota, vai manter o segundo lugar da tabela, o primeiro que dá subida à I Liga, pois o líder FC Porto B não pode subir.

A equipa açoriana entrou dominadora no jogo, fechando os caminhos para a sua baliza, de tal forma que nos primeiros 15 minutos a equipa da casa praticamente não incomodou.

O primeiro sinal de perigo dos açorianos surgiu aos sete minutos, por Fernando, que surgiu isolado perante o guarda-redes Ricardo Ribeiro, que conseguiu roubar a bola ao avançado.

Aos 23 minutos, na sequência de um pontapé de canto, Pacheco, ao segundo poste, inaugurou o marcador.

Um minuto depois, a Académica dispôs de um livre direto quase em cima da linha de grande área, mas Nélson Pedroso atirou contra a barreira.

Mesmo em cima do intervalo, a Briosa efetuou uma substituição forçada, com a saída, por lesão, do experiente defesa central Zé Castro e a entrada de Yuri.

Na segunda parte, os estudantes entraram com outra determinação e, aos 48 minutos, João Real teve a igualdade nos pés, também na sequência de um pontapé de canto, mas a bola saiu por cima da trave, quando estava com a baliza à sua disposição.

O Santa Clara poderia ter aumentado a vantagem aos 56 minutos, por Rafael Batatinhas, que seguiu isolado para a baliza, mas permitiu a defesa do guarda-redes Ricardo Ribeiro.

Até ao final, as oportunidades de golo escassearam, sendo que, aos 76 minutos, Alan Júnior isolou-se, mas adiantou a bola e permitiu um corte da defesa açoriano.

Já no período de descontos, os jogadores da Académica reclamaram uma grande penalidade, por suposta mão na bola, mas o árbitro Bruno Paixão não atendeu aos protestos.

Jogo no Estádio Cidade de Coimbra.

Académica - Santa Clara, 0-1.

Ao intervalo: 0-1.

Marcador:

0-1, Pacheco, 23 minutos.

Equipas:

Académica: Ricardo Ribeiro, Mike, João Real, Zé Castro (Yuri,44), Nélson Pedroso, Dias, Guima (Alain Júnior, 64), Chiquinho, Luisinho, Marinho (Piqueti, 64) e Djoussé.

(Suplentes: Guilherme, Zé Tiago, Balogun, Yuri, Fernando Alexandre, Piqueti e Alan Júnior).

Treinador: Ricardo Soares.

Santa Clara: Serginho, Vítor Alves, Accioly, João Pedro, João Reis, Diogo Santos, Minhoca, Pacheco, Rúben Saldanha (Pineda, 90+1), Rafael Batatinha (Kaio Fernando, 68) e Fernando (Paulo Clemente, 83).

(Suplentes: Marco Pereira, Marcelo Oliveira, Paulo Clemente, Pineda, Igor Rocha, Daniel Coelho e Kaio Fernando).

Treinador: Carlos Pinto.

Árbitro: Bruno Paixão (AF Setúbal).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para João Pedro (80) e Nélson Pedroso (90).

Assistência: 4.236 espectadores.
Por Lusa
Deixe o seu comentário
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de 2ª Liga

Notícias

Notícias Mais Vistas