Académica-Sp. Covilhã, 2-1: estudantes aproximam-se da liderança

Traquina e Bouldini marcaram os golos da formação de Coimbra

• Foto: Bruno Teixeira Pires

A Académica venceu este domingo na receção ao Sp. Covilhã, por 2-1, em jogo da 10.ª jornada da 2.ª Liga, e aproximou-se da liderança da classificação.

Os golos marcados por Traquina, aos 14 minutos, e Bouldini, aos 41, aos quais respondeu Areias para os visitantes, já em tempo de compensação, aos 90+4, permitiram à equipa de Coimbra manter-se na parte cimeira da classificação.

Depois de um início de jogo com muita pressão e passes errados das duas equipas, a Académica inaugurou o marcador aos 14 minutos, por Traquina, naquela que foi a primeira jogada completa da equipa da casa.

Fabiano avançou pelo centro e passou para Bruno Teles, que cruzou rasteiro para a área, onde estava o capitão da "briosa" a empurrar para o fundo da baliza, após defesa incompleta do guarda-redes dos "leões da serra".

A perder, o Sporting da Covilhã subiu no terreno e passou a rondar com perigo a baliza dos "estudantes", e, aos 30 minutos, um remate perigosíssimo de Gui Inters levou a bola a passar a centímetros do poste da baliza defendida por Mika.

Em contra-ataque, e contra a "corrente do jogo", a Académica dilatou a vantagem, aos 41 minutos, numa jogada iniciada por Fabinho, que envolveu Bruno Teles e Traquina, antes de a bola chegar ao marroquino Bouldini, que, na área, rematou cruzado para golo.

No segundo tempo, registaram-se mais oportunidades de golo, a primeira pela equipa serrana, aos 60 minutos, num remate de fora de área de Tiago Moreira, após cruzamento atrasado de Jean Filipe.

Em contra-ataque, a Académica só conseguiu criar perigo a partir dos 73 minutos, com destaque para o falhanço de Fabinho, aos 78, errando a finalização na pequena área, a culminar um cruzamento rasteiro de Traquina.

Um minuto depois, João Mário poderia também ter chegado ao golo, numa jogada individual pela esquerda, mas o remate cruzado na área saiu a rasar o poste mais distante da baliza do Sporting da Covilhã.

Já no período de "descontos", Deivison teve possibilidade de reduzir, mas o cabeceamento, sem ninguém a estorvar, saiu a "beijar" o poste da baliza.

O golo dos "leões da serra" surgiu mesmo, aos 90+4 minutos, por Areias, que, na área, aproveitou um passe de companheiro de equipa ao segundo poste da baliza academista, no seguimento de um livre indireto.

Jogo no Estádio Cidade de Coimbra.

Académica - Sp. Covilhã, 2-1.

Ao intervalo: 2-0.

Marcadores:

1-0, Traquina, 14 minutos.

2-0, Bouldini, 41.

2-1, Areias, 90+4.

Equipas:

- Académica: Mika, Fabiano, Rafael Vieira, Silvério, Bruno Teles, Dias, Mimito (Chaby, 89), Fabinho (Guima, 84), Sanca (João Mário, 72), Traquina e Bouldini (Rafael Furtado, 89).

Suplentes: Daniel Azevedo, João Mário, Pinto, Dani, Fábio Vianna, Diogo Pereira, Chaby, Guima e Rafael Furtado.

Treinador: Rui Borges.

- Sp. Covilhã: Léo Navacchio, Tiago Moreira, André, João Vital, Jean Filipe, Gilberto, N'Dao Lamine (Filipe, 46), Gleison, Gui Inters (Areias, 81), Enoh (Deivinson, 69) e Daffe (Léo Cá, 69).

Suplentes: Bruno, Filipe, Areias, João Cardoso, Edwin Vente, Léo Cá, Jorge Vilela, Idris e Deivison Borges.

Treinador: Nuno Capucho.

Árbitro: João Gonçalves (AF Porto).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para N'Dao Lamine (42), Fabiano (55).

Assistência: Jogo realizado à porta fechada devido à pandemia de covid-19.

Por Lusa

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de 2ª Liga

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.