Adeptos invadem campo no Académica-Famalicão

Confusão continuou fora do estádio com a polícia a ter de intervir

Terminou da pior forma o encontro entre a Académica e o Famalicão. Depois do empate no final do jogo (1-1), os jogadores das duas equipas envolveram-se em picardias e empurrões, criando um clima de tensão que acabou com a invasão de campo de adeptos das duas equipas. A pronta intervenção dos jogadores foi fundamental para restabelecer a ordem no relvado.

João Tomás, antigo jogador dos estudantes e agora diretor desportivo do Famalicão, foi o principal alvo da fúria dos adeptos da briosa. Os problemas continuaram fora do estádio, com a polícia a ser obrigada a carregar sobre os adeptos, momentos que levaram, inclusive, a que alguns tivessem de ser alvo de cudados médicos.

Pedro Roxo, presidente da Académica, no final do jogo mostrou-se irritado com o que aconteceu: "Quero lamentar tudo o que se passou hoje, foi mais um dia em que Académica provou que não é melhor que os outros, é muito melhor que outros! E podem escrever, vamos subir de divisão", referiu.

Um ferido

Fonte policial disse à agência Lusa que uma mulher adepta do Famalicão sofreu ferimentos na cabeça, depois de ter sido atingida na cabeça por uma cadeira supostamente arremessada por adeptos da briosa, quando se encaminhava para a saída do Estádio.

A adepta foi socorrida por elementos da Cruz Vermelha.

Por Ricardo Chambel
16
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de 2ª Liga

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.