Arouca-Real, 1-0: Massaia e Bracali foram heróis

Um marcou e outro defendeu penálti

• Foto: Ricardo Jr

O Arouca venceu este domingo o último classificado Real por 1-0, na 24.ª jornada da 2.ª Liga, com Massaia a estrear-se a marcar e Bracali a defender um penálti, mantendo a equipa nos lugares cimeiros da tabela.

Depois de duas derrotas seguidas, o Real não conseguiu evitar mais um desaire na deslocação a Arouca, tendo sofrido o único golo já perto do intervalo (45+1) e com o melhor marcador do campeonato, Carlos Vinícius, a desperdiçar uma grande penalidade (63).

A primeira parte começou equilibrada, com o lanterna-vermelha a não mostrar receio de procurar atacar assim que possível, principalmente através de desequilíbrios provocados por Carlos Vinícius, mas ao longo do tempo o Arouca foi-se impondo na partida e criando oportunidades.

Aos 20 minutos, Barnes levou o esférico pelo meio do terreno, soltou para Roberto, dentro de área, que deixou a bola correr para Palocevic, que, sozinho na cara de Luís Ribeiro, atirou por cima.

Seis minutos depois, foi a vez do Real ficar perto do golo depois de Nuno Coelho falhar por duas vezes o alívio e deixar Cazonatti na cara de Bracali, que tentou o chapéu, mas Deyvison leu o lance e afastou o perigo.

Já em cima do apito para intervalo, André Santos cobrou um livre lateral para o desvio de cabeça de Nuno Coelho, com uma excelente defesa de Luís Ribeiro a levar a bola à trave, mas, na recarga, Massaia saltou mais alto do que os defesas e inaugurou o marcador.

O Real não perdeu tempo e o treinador Alexandre Santos fez uma dupla substituição aos 56 minutos, com as entradas de Brash e Gildo, procurando assim uma oportunidade para restabeleceria igualdade no marcador.

Essa oportunidade acabaria por surgir aos 63 minutos, numa grande penalidade cometida sobre Vinícius, depois de uma falta de Massaia, mas o matador não conseguiu enganar Bracali, que defendeu o penálti.

O jogo foi esmorecendo e o único lance de perigo surgiu apenas a cinco minutos do fim, a favor da equipa da casa, com Ernest a tirar um defesa da frente, entregando a bola para a entrada da área, onde estava André Santos, que rematou colocado, mas Luís Ribeiro leu bem e desviou para canto.

Jogo realizado no Estádio Municipal de Arouca.

Arouca-Real: 1-0.

Ao intervalo: 1-0.

Marcadores:

1-0, Massaia, aos 45+1 minutos.

Equipas:

Arouca: Bracali, João Amorim, Nuno Coelho, Deyvison, Vítor Costa, Massaia (Benny, 81), André Santos, Palocevic (Nuno Valente, 66), Barnes, Roberto (Areias, 88) e Ernest Ohemeng.

(Suplentes: Gasparotto, Benny, Nuno Valente, Bertaccini, Areias, Erick Salles E Lúcio Maranhão.)

Treinador: Miguel Leal.

- Real: Luís Ribeiro, Paulinho, Paulo Monteiro, Eduardo, Diogo Coelho, Fokobo, Tiago Morgado (Gildo, 56), Cazonatti, Jefferson Nem (Brash, 56), Carlos Vinícius e Marcelo Lopes (Abdoulaye Dialló, 75).

(Suplentes: Tom, Vasco Coelho, Rúben Marques, Gildo, Abdoulaye Dialló, Thabo Cele e Brash.)

Treinador: Alexandre Santos.

Árbitro: Bruno Paixão (AF Setúbal).

Ação disciplinar: cartão amarelo para Palocevic (31), Barnes (37), Massaia (63) e Brash (89).

Assistência: cerca de 400 espetadores.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de 2ª Liga

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0