Benfica B-Ac Viseu, 1-5: Manuel Cajuda estreia-se com goleada

Após sete jogos sem vencer, triunfo vale subida ao quarto lugar

• Foto: DIREITOS RESERVADOS

Um 'hat-trick' do avançado Sandro Lima contribuiu este domingo  para a goleada por 5-1 sobre o Benfica B, proporcionando uma estreia auspiciosa ao treinador Manuel Cajuda no comando do Ac.Viseu, na 24.ª jornada da 2ª Liga de futebol.

O jogador brasileiro marcou aos 11', 38' e 85' minutos, cabendo os outros dois golos dos viseenses ao georgiano Avto, aos 41' e 90', mas o guarda-redes Peçanha foi igualmente preponderante, ao evitar que o Benfica B marcasse outros tantos e apenas não conseguindo deter o remate certeiro de Heriberto, aos 45'+2.

Após sete jogos seguidos sem ganhar, o que motivou a saída do técnico Francisco Chaló, o Ac. Viseu regressou aos triunfos pela mão de Cajuda, num estádio de onde saiu sempre derrotado, subindo ao quarto lugar do campeonato, a um ponto da zona de promoção ao escalão principal.

Os visitantes deram o primeiro sinal de perigo aos sete minutos, quando Zé Paulo, isolado perante Zlobin, foi incapaz de consumar o 'chapéu' ao guarda-redes benfiquista, mas, aos 11', o médio foi mais eficaz a aproveitar uma perda de bola de Florentino e a isolar Sandro Lima, que inaugurou o marcador com um forte remate cruzado.

O Benfica reagiu e, após remates de Heriberto e Willock que saíram ao lado da baliza adversária, foi de novo Heriberto que, isolado perante Peçanha, desperdiçou a melhor oportunidade criada pela equipa lisboeta, à passagem da meia hora, ao permitir a defesa do guardião viseense.

O avançado encarnado voltou a errar o alvo pouco depois, na recarga a um remate de Willock que Peçanha defendeu a muito custo, mas a equipa anfitriã sofreu um duro revés quando os visitantes marcaram dois golos no curto espaço de três minutos.

Sandro Lima 'bisou' aos 38 minutos, concluindo com êxito o cruzamento teleguiado de Avto e foi o próprio avançado georgiano que aumentou para 3-0, aos 41, aproveitando a passividade dos centrais benfiquistas para se isolar perante Zlobin, após uma rápida combinação com N'Sor.

O capitão Ferro deu nota do inconformismo do Benfica B, com um remate de muito longe travado pela barra da baliza de Peçanha, mas nenhum destes protagonistas foi capaz de evitar o golo de Heriberto, aos 45+2, que ficou com a baliza à sua mercê na sequência de um atraso desastroso de Bura.

O Benfica B regressou do intervalo com o ânimo que seria de esperar de uma equipa que marcou no último lance da primeira parte e só os reflexos de Peçanha evitaram que João Félix marcasse por duas vezes, aos 50 e 59 minutos, tendo o guarda-redes visitante impedido ainda que Heriberto 'bisasse', aos 52'.

Apercebendo-se que a sua equipa estava a perder 'gás', Hélder Cristóvão, treinador benfiquista, arriscou até ao limite das suas possibilidades, substituindo o central Lystcov por Zé Gomes e o jovem avançado poderia ter reduzido aos 77 minutos, mas falhou o remate quando tinha apenas Peçanha pela frente.

O Benfica ficou mais exposto ao contra-ataque dos viseenses, que, após várias 'ameaças', incluindo um golo invalidado a Avto por fora de jogo, chegaram à goleada: Sandro Lima concretizou o 'hat-trick', aos 85 minutos, e Avto fixou o 5-1, com um remate à entrada da área, em cima dos 90.

Jogo no Caixa Futebol Campus, no Seixal.

Benfica B - Académico de Viseu, 1-5.

Ao intervalo: 1-3.

Marcadores:

0-1, Sandro Lima, 11 minutos.

0-2, Sandro Lima, 38.

0-3, Avto, 41.

1-3, Heriberto, 45+2.

1-4, Sandro Lima, 85.

1-5, Avto, 90.

Equipas:

Benfica B: Zlobin, Símon Ramírez, Ferro, Lystcov (Zé Gomes, 68), Pedro Amaral, Florentino (Nuno Santos, 46), Keaton, Gedson, Heriberto, João Félix e Willock (Carter, 83).

(Suplentes: Fábio Duarte, Kalaica, Alex Pinto, Filipe Soares, Nuno Santos, Carter e Zé Gomes).

Treinador: Hélder Cristóvão.

Ac. Viseu: Peçanha, Tomé, Bura, Fábio Santos, Kiko, Capela, Fernando Ferreira (Tarcísio, 72), Zé Paulo (Paná, 83), Sandro Lima, Avto e N'Sor (Barry, 60).

(Suplentes: Jonas, Joel, João Mário, Paná, Rui Miguel, Barry e Tarcísio).

Treinador: Manuel Cajuda.

Árbitro: Rui Oliveira (Porto).

Ação disciplinar: cartão amarelo para Gedson (26), Fernando Ferreira (58), Fábio Santos (60), Heriberto (64), Capela (69) e Pedro Amaral (90+1).

Assistência: cerca de 500 espetadores.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de 2ª Liga

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0