Benfica B-Académica, 3-1: derrota no Seixal agrava crise da Briosa

Estudantes seguem no último lugar da 2.ª Liga, sem qualquer triunfo

• Foto: Bruno Colaço / Record
O Benfica B venceu este sábado Académica por 3-1, em jogo da nona jornada da 2.ª Liga, resultado que agravou a crise da briosa, que segue no último lugar da prova sem qualquer triunfo.

Já o Benfica, que marcou através de Henrique Araújo, Tiago Gouveia (ambos na primeira parte) e Umaro Embaló e tem menos um jogo, igualou o Casa Pia na terceira posição da competição, que é liderada por Feirense e Rio Ave.

O Benfica B entrou forte no jogo e materializou a superioridade evidenciada desde o apito inicial logo aos sete minutos, momento em que Paulo Remate rematou de forma acrobática à trave da baliza de Mika.

O lance foi o pronuncio para o golo que surgiu volvidos três minutos por intermédio de Henrique Araújo. Após passe longo de Sandro Cruz ainda no meio-campo defensivo das águias, que surpreendeu o central Michael Douglas, o avançado aproveitou para inaugurar o marcador.

Sem que nada o fizesse prever, dado o domínio dos anfitriões até aí, o conjunto de Coimbra chega ao empate, aos 19 minutos, altura em que Hugo Seco cruza da direita para Traquina, que ao segundo poste encosta para o 1-1 num lance que logo no estádio pareceu ter sido precedido de fora de jogo.

Aos 40 minutos, a Académica voltou a facilitar a vida do adversário, quando Mika colocou a bola nos pés de Tiago Gouveia, atacante que aproveitou o adiantamento do guarda-redes para fazer chapéu que deu origem ao 2-1 do Benfica B, que foi com toda a naturalidade para intervalo na frente do marcador.

No segundo tempo, o Benfica B acentuou o seu domínio e dilatou a vantagem naquele que foi, sem dúvida, o melhor momento do jogo. Após assistência de Henrique Araújo, a bola chegou a Umaro Embaló que fez, aos 53 minutos, um chapéu a Mika, colocando o resultado em 3-1.

Até ao final, apesar da tentativa de reação da Académica, que ainda colocou algumas vezes em sobressalto a baliza defendida por Svilar, os comandados de Nélson Veríssimo - que terminaram com 10 elementos devido à expulsão de Fabinho (90'+2) - geriram a vantagem que lhes permitiu conquistar os três pontos.

Jogo no Benfica Futebol Campus, no Seixal.

Benfica B-Académica, 3-1.

Ao intervalo: 2-1.

Marcadores:

1-0, Henrique Araújo, 10 minutos.

1-1, Traquina, 19'.

2-1, Tiago Gouveia, 40'.

3-1, Umaro Embaló, 53'.

Equipas:

- Benfica B: Svilar, Filipe Cruz, Tomás Araújo (Miguel Nóbrega, 63), Pedro Álvaro, Sandro Cruz (Fabinho, 80), Rafael Brito (Cher Ndour, 63), Martim Neto (Ronaldo Camará, 90), Paulo Bernardo, Umaro Embaló, Tiago Gouveia (Samu, 80) e Henrique Araújo.

(Suplentes: Léo Kokubo, Duk, Samu, Jair Tavares, Ronaldo Camará, Miguel Nóbrega, Nuno Félix, Fabinho e Cher Ndour).

Treinador: Nélson Veríssimo.

- Académica: Mika, João Pedro, Michael Douglas, Zé Castro, Fábio Vianna, Ricardo Dias, Christian (Reko, 66'), Toro, Hugo Seco (Fatai, 22), João Carlos (Costinha, 66) e Traquina.

(Suplentes: Stojkovic, Mimito, Dani, Fatai, João Lucas, Michel Lima, Reko, Costinha e Justiniano).

Treinador: João Carlos Pereira.

Árbitro: Hélder Carvalho (AF Santarém).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Michael Douglas (25'), Rafael Brito (32), Martim Neto (45+1'), Pedro Álvaro (55'), Fábio Vianna (73) e Reko (86). Cartão vermelho direto a Fabinho (90+2).

Assistência: Cerca de 500 espetadores.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de 2ª Liga

Notícias

Notícias Mais Vistas