Benfica B-Real, 3-0: Jogo marcado pelo bis de Heriberto (e penálti falhado)

Jovem das águias em evidência na vitória sobre o conjunto de Massamá

• Foto: Fernando Ferreira

O jovem avançado Herberto contribuiu esta sexta-feira com dois tentos para a veia goleadora do Benfica B, que venceu o Real por 3-0, em encontro da sexta jornada da Segunda Liga, disputado no Seixal. O norte-americano Keaton Parks abriu a contagem, aos 15', com Heriberto a bisar, aos 25' e 47', e a passar a ser o melhor marcador das águias na prova, sendo que ainda desperdiçou uma grande penalidade, aos 70.

E, se o Benfica regressou às vitórias, após o desaire na quinta e última ronda no reduto do Académico, em Viseu, o Real acumulou a quinta derrota consecutiva - já não ganha desde a primeira jornada, quando bateu o Leixões por 4-1, a 6 de agosto.

Durante a primeira parte, as águias foram um modelo de eficácia e o norte-americano Keaton Parks abriu o marcador aos 15 minutos, aproveitando um bom passe do lateral-esquerdo Pedro Amaral para bater, isolado, o guarda-redes brasileiro do Real, Tom Wininston. Dez minutos depois, foi a vez de Heriberto marcar o segundo, aproveitando uma bola lançada em profundidade para as costas dos centrais do Real, que hesitaram e permitiram a fuga e o remate fatal do extremo benfiquista.

Foram dois golos algo consentidos pela defesa da equipa do concelho de Sintra, que teve no veloz extremo Abou Touré o seu futebolista mais incisivo e perigoso, mas também perdulário, nas duas ocasiões que teve no final da primeira parte.

A segunda metade começou praticamente com o terceiro golo dos encarnados, novamente por Heriberto, aos 47 minutos. O remate do dianteiro benfiquista, desferido na zona da quina da área, surpreendeu o guardião do Real, após passe de Parks. E até deu para o Benfica falhar o 4-0, aos 70 minutos, quando, chamado a apontar uma grande penalidade, Heriberto falhou o hattrick e o quarto golo, que também seria um castigo demasiado pesado para o conjunto de Massamá, que abordou a partida de peito aberto e sem espartilhos defensivos.

Além de Heriberto, destaque na turma benfiquista para as excelentes atuações do médio defensivo Florentino Luís e do possante norte-americano Keaton Parks, uma espécie de jogador 'todo-o-terreno' de uma grande utilidade.

Jogo no Caixa Futebol Campus, no Seixal.

Benfica B - Real, 3-0.

Ao intervalo: 2-0.

Marcadores:

1-0, Keaton Parks, 15 minutos.
2-0, Heriberto, 25.
3-0, Heriberto, 47.

Equipas:

- Benfica B: Ivan Zlobin, Alex Pinto, Kalaica, Francisco Ferreira, Pedro Amaral (Matheus Leal, 71), Florentino Luís, Keaton Parks, Gedson (Thabo Cele, 79), Heriberto, Willock e Alan Júnior.

(Suplentes: Fábio Duarte, Matheus Leal, Lystcov, Nuno Santos, Thabo Cele, Daniel dos Anjos e Zé Gomes).

Treinador: Hélder Cristóvão.

- Real: Tom Wininston, Jorge Bernardo (Paulinho, 78), Sérgio Oulu, João Basso, Diogo Coelho, Fokobo, Tiago Morgado, Brash (Abdoulaye, 46), Abou Touré (Iacovelli, 56), Marcos Barbeiro e Carlos Vinícius.

(Suplentes: Patrick Costinha, Dmytro Lytvyn, Paulinho, Kikas, Marcelo Lopes, Iacovelli e Abdoulaye).

Treinador: Filipe Martins.

Árbitro: Daniel Cardoso (Aveiro).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Brash (26), Jorge Bernardo (35), Francisco Ferreira (49) e Heriberto (70).

Assistência: Cerca de 700 espetadores.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de 2ª Liga

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.