Benfica supera FC Porto no clássico dos 'bês'

Águias ascendem ao quarto posto da prova

• Foto:  Miguel Barreira

Dois golos do extremo Heribeto permitiram este domingo ao Benfica B vencer o FC Porto, por 2-1, numa partida da 38.ª jornada da Segunda Liga, em que os encarnados souberam materializar as oportunidades, face ao domínio dos visitantes.

Os dragões começaram melhor o encontro e o golo de Galeno, logo aos sete minutos, parecia adivinhar a superioridade que os forasteiros iriam colocar em campo. Porém, já no segundo tempo foram as águias a anularem a desvantagem e a operar a reviravolta no marcador, com dois golos de Heriberto (55' e 83'). Este triunfo caseiro coloca a equipa B do Benfica no quarto posto da tabela, somando agora 59 pontos, enquanto o FC Porto B desce à 14.ª posição, com 51.

Perante um Benfica B muito desfalcado devido à presença da maioria dos titulares na final da Youth League, o técnico Hélder Cristovão viu-se privado de jogadores como Aurélio Buta, Rúben Dias, Florentino Luís, Gedson, Kalaica, João Félix, Jota, José Gomes e Diogo Gonçalves, bem como dos castigados Ferro e Pêpê.

Depois de atravessar uma fase menos boa no campeonato, com cinco derrotas consecutivas, os encarnados conheceram o sabor da vitória nas duas últimas jornadas, mas frente aos 'dragões' entraram em campo apáticos e adormecidos, ainda a acertar com as marcações e isso teve como consequência um golo madrugador dos azuis e brancos.

Numa jogada simples e bem trabalhada pelo ataque azul e branco, Kayembe foi mais forte e ganhou no duelo com Pedro Amaral, que, após cruzar rasteiro para o coração da área, viu o brasileiro Galeno limitar-se a encostar para o fundo da baliza (7').

Em desvantagem e perante as dificuldades em travar o ímpeto ofensivo do Porto B, as águias viram-se obrigadas a recorrer às faltas, conseguindo, por uma ou outra vez, chegar perto da baliza do guardião mexicano Gudiño.

Aos poucos, o Benfica B conseguiu repor algum equilíbrio dentro das quatro linhas, no entanto, o ataque dos azuis passava sempre pelo belga Kayembe, que quando tinha a bola nos pés deixava a defensiva da casa em apuros.

Após os primeiros 45 minutos, o Benfica B entrou mais aguerrido e com vontade de inverter a desvantagem, contudo, as limitadas opções no banco de suplentes complicavam o trabalho ao treinador encarnado, que, ainda assim, viu a sua equipa chegar ao empate, à passagem do minuto 55.

Heriberto, num momento de pura inspiração, bateu de forma irrepreensível um livre direto à entrada a área, que só parou no fundo das redes do guardião do FC Porto.

O FC Porto B estava resignado com a igualdade e a entrada de André Pereira para o ataque assustou André Ferreira em dois momentos. Primeiro, de calcanhar viu Simón Ramirez cortar a bola em cima da linha de golo. Depois, um remate colocado à entrada da área permitiu ao guarda-redes da casa a defesa da tarde.

Mas o lance decisivo do encontro estava reservado para os últimos 10 minutos, quando a mão de Rui Moreira travou um remate de Pipo dentro da grande área. Chamado a bater da marca dos onze metros Heriberto ofereceu a vitória aos encarnados.

Jogo realizado no Caixa Futebol Campus, no Seixal.

Benfica B-FC Porto B: 2-1

Ao intervalo: 0-1.

Marcadores:
0-1, Galeno, 07'
1-1, Heriberto, 55'
2-1, Heriberto, 83' (pen.)

Equipas:

- Benfica B: André Ferreira, Simón Ramirez, Hélder Baldé, João Escoval, Pedro Amaral (Gonçalo Rodrigues, 52), Dálcio Gomes, Pipo, Luquinhas, Romário Baldé (Tiago Dias, 42), Heriberto e Banjaqui (Igor Rocha, 86).

(Suplentes: Zlobin, Igor Rocha, Gonçalo Rodrigues e Tiago Dias).

Treinador: Hélder Cristovão.

- FC Porto B: Raúl Gudiño, Musa Yahaya, Jorge Fernandes, Chidozie, Inácio Santos (Rui Areias, 85), Rui Moreira, Francisco Ramos, Omar Govea (Bruno Costa, 74), Joris Kayembe, Tony Djim (André Pereira, 63) e Galeno.

(Suplentes: Mbaye, Rui Areias, João Graça, Fernando Fonseca, Diogo Verdasca, Bruno Costa e André Pereira).

Treinador: António Folha.

Árbitro: Luís Ferreira (Braga).

Ação disciplinar: cartão amarelo para Omar Govea (54), Chidozie (79 e 89), Rui Moreira (82), Heriberto (84), Igro Rocha (89) e Jorge Fernandes (90+1). Cartão vermelho para Chidozie por acumulação de amarelos (89).

Assistência: cerca de 800 espetadores.

Por Lusa
3
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de 2ª Liga

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.