Casa Pia-Vilafranquense, 3-2: Reviravolta vale vitória em dia de regresso a Pina Manique

Casa Pia ressuscitou e conseguiu mesmo a 'cambalhota' no marcador

O Casa Pia venceu este sábado em casa o Vilafranquense por 3-2, em jogo da nona jornada da 2.ª Liga, conquistando a segunda vitória na prova no dia em que regressou ao Estádio Pina Manique.

O primeiro golo do encontro surgiu para a equipa de Vila Franca de Xira aos trinta minutos, por João Vieira, que bisou ainda na primeira parte (40'). Na segunda parte, o Casa Pia operou a reviravolta no marcador, com golos de Jorge Ribeiro (61'), Kikas (70') e Roncatto (80').

Com este triunfo, o segundo na 2.ª Liga, o Casa Pia soma sete pontos, alcança o Vilafranquense, também com sete, e pode deixar o último lugar da tabela.

Na reedição final do Campeonato de Portugal da última temporada começou melhor o Vilafranquense. Num livre cobrado na direita, o central Kássio desmarcou-se ao segundo poste e apareceu sozinho a finalizar para defesa atenta de Rafael.

O Casa Pia respondeu aos 17 minutos por Sountoura, que depois de passe de João Coito não conseguiu enganar Maringá com um toque subtil já na pequena área.

Depois de uma primeira ronda de avisos, o Vilafranquense chegou mesmo ao golo, por João Vieira. China cruzou e o avançado surgiu ao segundo poste a encostar sem oposição.

O Vilafranquense controlava o jogo e, sem surpresa, chegou ao 2-0 antes do intervalo. A dupla composta por China e João Vieira voltou a funcionar, com o avançado a bisar após novo cruzamento milimétrico do lateral vilafranquense.

Pressionado pelo resultado desfavorável e pelo jejum de vitórias, o Casa Pia entrou nervoso para o segundo tempo e o Vilafranquense controlou os ímpetos da equipa de Rui Duarte nos primeiros minutos após o reatamento.

Já aos 60, uma mão de China na área vilafranquense deu novo rumo ao jogo. O defesa embrulhou-se com Sountoura na área, tocou a bola com a mão e o árbitro assinalou grande penalidade, expulsando também o lateral por acumulação de amarelos. Na conversão a partir dos 11 metros, Jorge Ribeiro enganou Maringá e fez o 2-1 para o Casa Pia.

Aos 70 minutos, Kikas levantou o público presente no renovado Pina Manique. Num remate de fora da área depois da marcação de um canto, o número 8 encheu o pé e meteu a bola ao ângulo da baliza do Vilafranquense.

O Casa Pia ressuscitou e conseguiu mesmo a 'cambalhota' no marcador, fazendo o 3-2 por Roncatto. O avançado, aposta de Rui Duarte para a segunda parte, aproveitou um corte incompleto da defesa do Vilafranquense e rematou cruzado sem hipóteses para Maringá.

Jogo no Estádio Pina Manique.

Casa Pia-Vilafranquense, 3-2.

Ao intervalo: 0-2.

Marcadores:

0-1, João Vieira, 30 minutos.

0-2, João Vieira, 40.

1-2, Jorge Ribeiro, 61 (penálti).

2-2, Kikas, 70.

3-2, Roncatto, 80.

Equipas:

Casa Pia: Rafael, Carlitos (Mateus Fonseca, 46), Pedro Machado, Lucas, Simão, João Coito (Sávio, 78), Rodrigo Dantas (Roncatto, 46), Kikas, Jorge Ribeiro, Kenidy e Sountoura.

(Suplentes: Rodolfo, Tharcysio, Mateus Fonseca, Roncatto, Joel, Caio Marcelo e Sávio).

Treinador: Rui Duarte.

Vilafranquense: Maringá, Marco Grilo, Dénis Martins, Kássio Fernandes, China, Ulisses Oliveira, Pepo (Filipe Brigues, 62), Diogo Izata, Filipe Oliveira (Bidi,75), Silas (Wilson, 55) e João Vieira.

(Suplentes: Josviaki, Leandro Souza, Korzun, Alan Bidi, Brigues, Tocantins e Wilson).

Treinador: Filipe Moreira.

Árbitro: Gustavo Correia (AF Porto).

Ação disciplinar: cartão amarelo para China (52 e 60), João Coito (56), Wilson (65), Roncatto (78) e Maringá (90+3). Cartão vermelho por acumulação de amarelos para China (60).

Assistência: cerca de 500 espectadores.

Por Lusa
Deixe o seu comentário
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de 2ª Liga

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.