Chaves-Nacional, 0-2: Insulares vencem jogo que aqueceu perto do final

Madeirenses foram astutos e aproveitaram os erros dos transmontanos

O Nacional regressou às vitórias e assumiu provisoriamente a liderança da 2.ª Liga, ao vencer o Desportivo de Chaves, por 2-0, em jogo em que os madeirenses foram astutos e aproveitaram os erros dos transmontanos.

No encontro de abertura da 18.ª jornada, disputado em Chaves, a formação da Madeira marcou por Gorré aos 45+1 minutos, aproveitando um erro do defesa Medina, e estabeleceu o resultado final aos 64, beneficiando de um autogolo do defesa Hugo Basto.

Perto do final, aos 88 minutos, o jogo 'aqueceu' junto do banco dos madeirenses, com desentendimento entre jogadores e elementos do banco das duas equipas.

O guarda-redes e capitão dos flavienses, Ricardo, acabou expulso com vermelho direto terminando o defesa Kevin Medina à baliza. No lado contrário, Jota, no banco, também viu vermelho direto. Antes, aos 86 minutos, Perotti, recém-entrado, tinha sido expulso por acumulação de amarelos.

O Nacional soma agora 36 pontos e lidera à condição, enquanto o emblema de Trás-os-Montes, que voltou às derrotas após cinco jogos e somou o primeiro desaire da era do técnico César Peixoto no campeonato, mantém os 27 pontos no 6.º lugar.

Os madeirenses condicionaram de forma eficaz a construção da equipa da casa e foram mais perigosos. Aos 22 minutos, Riascos ficou mesmo na cara do golo, mas o guarda-redes Ricardo opôs-se com uma enorme defesa.

O momento do jogo surgiu nos descontos da primeira parte, com o defesa Medina a demorar a afastar a bola e Riascos a aproveitar a confusão em plena pequena área para servir Gorré, que abriu o marcador.

O técnico César Peixoto procurou mexer com o rumo dos acontecimentos, lançando logo ao intervalo João Teixeira e Gamboa e mais tarde Platiny, mas encontrou um Nacional mais calculista e eficaz defensivamente.

O avançado Riascos voltou a ser decisivo aos 64 minutos, com um remate acrobático que acertou em Hugo Bastos e traiu Ricardo, deixando a equipa da casa de 'braços em baixo' até final e apenas André Luís, aos 84 minutos, ficou perto de reduzir.

Jogo no Estádio Municipal Eng.º Manuel Branco Teixeira, em Chaves.

Desportivo de Chaves-Nacional, 0-2.

Ao intervalo: 0-1.

Marcadores:

0-1, Gorré, 45+1 minutos.

0-2, Hugo Bastos, 64 (própria baliza).

Equipas:

Desportivo de Chaves: Ricardo, Jean Filipe, Hugo Bastos, Medina, José Gomes, Jefferson (Gamboa, 46), Guzzo (João Teixeira, 46), Benny, Wagner (Platiny, 61), André Luís e Fatai.

(Suplentes: Ricardo Moura, João Teixeira, Gamboa, Bernardo, Diego Galo, Batxi e Platiny).

Treinador: César Peixoto.

Nacional: Daniel, Kalindi, Mosevich, Júlio César, Witi, Nuno Borges, Vítor Gonçalves (Rui Correia, 90+2), Gorré, Rúben Micael (Marcelo Freitas, 81), Riascos e Camacho (Perotti, 73).

(Suplentes: Ohoulo, Sosa, Jota, Perotti, Marcelo Freitas, Rui Correia e Rochez).

Treinador: Luís Freire.

Árbitro: Gustavo Correia (AF Porto).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Kalindi (26), Fatai (43), Witi (59), André Luís (66), Perotti (78) e (86) e Gamboa (83). Cartão vermelho por acumulação a Perotti (86). Cartão vermelho direto a Ricardo (88) e Jota (88 no banco de suplentes).

Assistência: 1.763 espetadores.

Por Lusa

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de 2ª Liga

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.