Conselho de Justiça determina repetição do Académica-Vilafranquense

Duelo realizado a 28 de março acabou empatado (0-0) e teve utilização irregular de um jogador dos ribatejanos

• Foto: Bruno Teixeira Pires

O Conselho de Justiça da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) ordenou a repetição do Académica-Vilafranquense, referente à 26.ª Jornada da Liga SABSEG, que foi disputado a 28 de março e ficou marcado pela utilização irregular de Ricardo Rodrigues, jogador da equipa ribatejana. 

A decisão origina um grave problema em termos de calendário, visto que uma das datas mais prováveis à realização do jogo seria o fim de semana da final da Taça de Portugal (dia 23, entre Sp. Braga e Benfica, às 20h30), que irá disputar-se precisamente no Municipal de Coimbra, casa da Briosa. 

O Académica-Vilafranquense acabou empatado (0-0) e motivou recurso dos estudantes ao Conselho de Disciplina, além de um protesto ao Conselho de Justiça, órgão que determina a repetição do jogo. Recorde-se que Ricardo Rodrigues entrou em campo ao minuto 80, mas não constava da ficha de jogo do Vilafranquense. 

Note-se ainda que esta partida pode ter implicações diretas nas contas da Liga SABSEG, uma vez que a Académica está a discutir a subida ao primeiro escalão e o Vilafranquense luta para não descer. 

Por Record
10
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de 2ª Liga

Notícias

Notícias Mais Vistas