Cova da Piedade-Vilafranquense, 0-0: Empate em partida de muito fraca qualidade

Piedenses continuam no último lugar da classificação

• Foto: José Gageiro

O lanterna-vermelha Cova da Piedade e o Vilafranquense empataram este sábado (0-0), em partida de muito fraca qualidade, referente à 12.ª jornada da 2.ª Liga.

Num encontro entre equipas que têm como objetivo a permanência no segundo escalão, os piedenses voltaram a pontuar, após uma série de sete derrotas consecutivas, enquanto os ribatejanos continuam em recuperação na tabela, ao somarem o terceiro encontro seguido sem perder.

O 'nulo' que se registava no marcador ao intervalo era facilmente justificável com a fraca qualidade técnica da partida, pese embora o Vilafranquense tivesse construído, nesse período, a maior parte das poucas oportunidades de golo.

Aos 18 minutos, num lance estudado, de bola parada, Ulisses atirou por cima, quando surgiu sozinho na pequena área, enquanto João Vieira cabeceou ao lado (32) e obrigou José Costa a defesa apertada, com um remate no interior da grande área (42).

Os piedenses, por sua vez, apenas numa ocasião incomodaram o 'guardião' visitante nesse período, num remate de meia distância de Gustavo Costa, aos 28 minutos, que o brasileiro defendeu para canto.

O intervalo não alterou o rumo dos acontecimentos e, pelo contrário, o segundo tempo foi ainda mais pobre, tanto em qualidade como em oportunidades de golo.

Edinho, que entrou ao intervalo para o lugar do 'inexistente' Liu, cabeceou à 'figura' do guarda redes visitante, aos 69 minutos, no único remate enquadrado produzido por ambas as equipas no segundo tempo.

O ponto conquistado, ainda assim, mantém os piedenses no último lugar da classificação, com os mesmos sete pontos do Casa Pia, que visita a Académica no domingo, enquanto o Vilafranquense é 11.º classificado, em igualdade com FC Porto, Penafiel e Feirense, todos com 14 pontos.

Jogo no Estádio Municipal José Martins Vieira, no Laranjeiro.

Cova da Piedade-Vilafranquense, 0-0.

Equipas:

Cova da Piedade: José Costa, Oto'o, Allef, Yan Victor, Kakuba, Marakis, Diarra (Cele, 79), Gustavo Costa, Vitinho (Gustavo Souza, 57), Balogun e Liu (Edinho, 46).

(Suplentes: Tony Batista, Cele, Robson, Gustavo Souza, Edinho, Yi Chen e Victor Massaia).

Treinador: Jorge Casquilha.

Vilafranquense: Maringá, Denis Martins, Diogo Izata, Kássio Fernandes, Marco Grilo, Ulisses, Filipe Oliveira, Pepo (Gustavo Tocantins, 73), China, Korzun (Wilson Santos, 64) e João Vieira (Bidi, 90+2).

(Suplentes: Rodrigo Josviaki, Onyekachi Silas, Alan Bidi, Brigues, Gustavo Tocantins, Tato Almara e Wilson Santos).

Treinador: Filipe Moreira.

Árbitro: Luís Máximo (AF Castelo Branco).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Diogo Izata (8), Korzun (8), Vitinho (17), Ulisses (36), Kakuba (49), Edinho (51) e China (54).

Assistência: cerca de 400 espetadores.

Por Lusa

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de 2ª Liga

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.