Estoril-Farense, 1-2: Cantos de vitória valem registo cem por cento vitorioso a algarvios

Equipa de Sérgio Vieira soma 6 pontos em dois jogos

• Foto: Ricardo Nascimento/Arquivo

O Farense foi este domingo ao terreno do Estoril arrancar um triunfo por 2-1, em jogo da segunda jornada da 2.ª Liga, e mantém assim o registo cem por cento vitorioso na competição.

A vitória algarvia foi alicerçada numa atuação muita sóbria e objetiva da equipa de Sérgio Vieira, que consumou os dois golos através de pontapés de canto. Rafael Furlan foi o 'assistente' de serviço aos 23 e 54 minutos, encontrando os cabeceamentos certeiros de Matheus Silva e Luís Rocha. De pouco serviu o bonito golo de calcanhar de Roberto pelos estorilistas, à passagem dos 41 minutos.

Após a derrota (2-1) na ronda inaugural diante do Benfica B, o Estoril entrou mais pressionante, impulsionado pela dinâmica de Rafael Barbosa e Roberto, mas não conseguiu traduzir isso em golos. Já o Farense acabou por inaugurar o marcador numa fase já mais equilibrada do desafio e apostou sempre numa postura mais pragmática, controlando sem precisar de dominar.

O empate chegaria ainda antes do intervalo, depois de boas oportunidades terem sido desperdiçadas por cada uma das formações. Roberto concluiu de calcanhar a jogada bem desenhada por Juninho a partir de um livre, num lance em que os algarvios ficaram a protestar uma suposta falta do avançado brasileiro antes do passe.

Já no segundo tempo, Luís Rocha, aos 54, voltou a colocar a nu as fragilidades em lances de bola parada da equipa comandada por Tiago Fernandes, com o 2-1 em mais um pontapé de canto. Os estorilistas lançaram-se em busca de novo empate, mas Juninho, aos 58, e Roberto, aos 64, deixaram os adeptos em desespero pelos falhanços clamorosos.

Quando se esperava um 'raide' final do Estoril, o Farense acabou por equilibrar, chegando a estar perto do terceiro tento em mais do que uma ocasião, enquanto ao Estoril não chegou uma reação de 'coração sem cabeça'. Com este resultado, o Farense segue provisoriamente no topo com o Sporting da Covilhã, ambos com seis pontos, ao passo que o Estoril está no lote dos últimos, só com derrotas.

Jogo no Estádio António Coimbra da Mota, na Amoreira.

Estoril - Farense, 1-2.

Ao intervalo: 1-1.

Marcadores:

0-1, Matheus Silva, 23 minutos.

1-1, Roberto, 41.

1-2, Luís Rocha, 54.

Equipas:

Estoril: António Filipe, João Góis, Philipe Maia, Valente, Ruben Belima (Khevin Fraga, 72), Tembeng, Daniel Bragança (Jonata, 72), Rafael Barbosa, Juninho, Roberto e Malinowski (André Franco, 55).

(Suplentes: Dani Figueira, Gonçalo Santos, Helerson, André Franco, Crespo, Khevin Fraga e Jonata).

Treinador: Tiago Fernandes.

Farense: Hugo Marques, Matheus Silva (Miguel Bandarra, 79), Rafael Vieira, Luís Rocha, Furlan, Filipe Melo, Francisco Isidoro, Mayambela, Fábio Nunes (Alvarinho, 72), Irobiso (Pedro Simões, 62) e Fabrício Simões.

(Suplentes: Daniel Fernandes, Bura, Miguel Bandarra, Pedro Simões, Patrick, Cássio e Alvarinho).

Treinador: Sérgio Vieira.

Árbitro: Carlos Xistra (AF Castelo Branco).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Tembeng (12), Rafael Vieira (40), Mayambela (52), Rafael Barbosa (60), Fábio Nunes (61), Philipe Maia (66), Sérgio Vieira (77) e Filipe Melo (78).

Assistência: Cerca de 700 espectadores.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de 2ª Liga

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.