Famalicão-Santa Clara, 5-2: Avalanche de golos vale liderança isolada

Equipa da casa até começou a perder

O Famalicão isolou-se este sábado provisoriamente na liderança da 2.ª Liga, ao vencer na receção ao Santa Clara por 5-2, num jogo da 16.ª jornada em que os famalicenses até começaram a perder.

Fernando deu vantagem ao Santa Clara, com um golo aos 47 segundos, e os açorianos ainda chegaram ao intervalo a vencer, por 2-1, graças a João Reis, aos 35', depois de Feliz ter empatado, aos 30'.

Na segunda parte, o Famalicão teve a audácia, a sorte e o discernimento do seu lado e com dois golos de Rui Costa, aos 55' e 71', um de Willian, de penálti, aos 67', e um autogolo de João Pedro, aos 86', conseguiu o 5-2 final.

Com este triunfo, os minhotos somam 30 pontos, mais dois do que o Académico de Viseu, que recebe no domingo o Sporting de Braga B, e mais quatro do que Leixões, que visita o Arouca, e Santa Clara.

O resultado acaba por ser desnivelado, aceitando-se por completo a vitória dos minhotos, mas a equipa de Carlos Pinto, pelo menos pelo jogo 'matreiro' e muito inteligente da primeira parte, não merecia esta diferença dilatada.

A partida começou com uma surpresa: estavam jogados 47 segundos e já o Santa Clara ganhava por 1-0 graças a um golo de Fernando após passe na direita de Saldanha.

O golo madrugador dos açorianos fez tremer os famalicenses que ainda viram Santana atirar por cima da baliza, aos 15 minutos, e Daniel Coelho ao lado, no minuto seguinte.

Mas o empate acabou por chegar pelos pés de Feliz, de livre, aos 30', cinco minutos antes de o Santa Clara voltar a tomar conta do marcador com o 2-1 assinado por João Reis, com um remate 'em arco' perto do segundo poste da baliza de Gabriel.

A perder, Dito arriscou: substituiu o defesa central João Pedro pelo médio ofensivo Diogo Cunha, obrigando Vítor Lima a um esforço adicional, que viria a ser recompensado. O ataque dos minhotos ganhou irreverência e, em 10 minutos, a reviravolta aconteceu.

Primeiro foi Rui Costa que, após cruzamento de Jorge Miguel, 'fulminou' as redes dos insulares, aos 55 minutos. Seguiu-se Willian a concretizar uma grande penalidade que castigava falta de Marcelo sobre Rui Costa, aos 67'.

Com a reviravolta feita, o treinador do Famalicão voltou a reforçar a defesa com a entrada do central Nuno Diogo, e ainda viu a bola entrar mais duas vezes na baliza do Santa Clara.

Rui Costa 'bisou' aos 71 minutos com mais um golo de excelente execução: remate de primeira e com a bola em altura depois de Feliz ter passado a bola de forma cirúrgica.

O 5-2, aos 86, é fruto de uma infelicidade: João Pedro marcou na própria baliza quando tentava, de cabeça, atrasar para o guarda-redes Serginho, que estava ligeiramente adiantado.

Jogo no Estádio Municipal de Famalicão.

Famalicão - Santa Clara, 5-2.

Ao intervalo: 1-2.

Marcadores:

0-1, Fernando, 1 minuto.

1-1, Feliz, 30 minutos.

1-2, João Reis, 35'.

2-2, Rui Costa, 55'.

3-2, Willian, 67' (penálti).

4-2, Rui Costa, 71'.

5-2, João Pedro, 86' (na própria baliza).

Equipas:

Famalicão: Gabriel, Daniel, João Faria, José Pedro (Diogo Cunha, 46'), Jorge Miguel, Vítor Lima, Deni Hocko, Willian, Feliz, Rui Costa (Anderson, 80') e Mendes (Nuno Diogo, 69').

(Suplentes: Nuno Castro, Denner, Diogo Cunha, Fred, Anderson e Nuno Diogo).

Treinador: Dito.

Santa Clara: Serginho, Daniel Coelho, João Pedro, Marcelo Oliveira, Igor Rocha (Paulo Clemente, 70'), Kaio Fernando (Guilherme Schettine, 76'), Pacheco, Rúben Saldanha, João Reis, Fernando (Pineda, 59') e Thiago Santana

(Suplentes: Marco Pereira, Diogo Santos, Paulo Clemente, Pineda, Guilherme Schettine e Vítor Alves).

Treinador: Carlos Pinto.

Árbitro: Manuel Mota (AF Braga).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Thiago Santana (38').

Assistência: 1.660 espectadores.

Deixe o seu comentário
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de 2ª Liga

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.