Farense-Famalicão, 2-2: Empate em jogo com cinco bolas nos "ferros"

Encontro com grande emoção

• Foto: Filipe Farinha

Farense e Famalicão empataram este domingo 2-2, em jogo eletrizante da 35.ª jornada da 2.ª Liga com quatro golos, três de grande penalidade, e cinco bolas nos ferros.

A equipa de Faro, ineficaz na finalização - acertou quatro vezes na trave e nos postes -, adiantou-se no marcador duas vezes, com golos de Osama Rashid (28 minutos, de grande penalidade) e Paulinho (49), mas os forasteiros anularam as desvantagens, com grandes penalidades cobradas por João Pedro (40 e 65).

O Famalicão, que não perde há 11 jogos - oito vitórias e três empates -, foi ultrapassado na classificação por Desportivo de Chaves e Feirense, descendo para o quarto lugar, com 60 pontos, enquanto o Farense soma 41, três acima da zona de descida, no 17.º lugar.

Os forasteiros entraram melhor na partida e estiveram por cima no primeiro quarto de hora, mas esse ascendente não durou muito e o equilíbrio imperou até ao final da primeira parte, embora sem grande qualidade.

O Farense, que só tentava criar perigo em situações de bola parada, abriu o marcador por Osama Rashid, na conversão de uma grande penalidade (28 minutos), e o Famalicão empatou aos 40, também da marca de penálti, por João Pedro.

Os algarvios surgiram transfigurados do balneário e, em apenas três minutos, somaram três bolas nos ferros: Irobiso atirou à trave (46) e Rambé acertou nos dois postes (48 e 49), surgindo o 2-1, por Paulinho, na recarga ao último lance.

O Famalicão voltou a empatar, aos 65, por João Pedro, que 'bisou' da marca de grande penalidade, e, até final, numa segunda parte vibrante e emocionante, em ritmo de parada e resposta, os lances de perigo sucederam-se junto das duas balizas.

Mas os ferros mantiveram o empate nas ocasiões de maior perigo, uma para cada lado, num cabeceamento de Leandro Souza, aos 73 minutos, e num livre direto de Osama Rashid, aos 85.

Ao intervalo: 1-1.

Marcador:

1-0, Osama Rashid, 28 minutos (grande penalidade).

1-1, João Pedro, 40 (grande penalidade).

2-1, Paulinho, 49.

2-2, João Pedro, 65 (grande penalidade).

Farense: São Bento, Hugo Ventosa, Roni, Felipe Barros, Diogo Coelho, Osama Rashid, Tiago Jogo (Thomas Agyiri, 77), Irobiso (Femi Balogun, 86), Paulinho, Bruno Carvalho (Harramiz, 46) e Rambé.

(Suplentes: Ricardo, Diogo Silva, Thomas Agyiri, Harramiz, Bilro, Femi Balogun e Sunday).

Treinador: Horácio Gonçalves.

Famalicão: Emanuel, Daniel, Silvério, João Pedro, Jorge Miguel, Vítor Lima, Diogo Santos, Feliz, Diego Medeiros (João Mendes, 68), Chico (Mércio, 79) e Lengoualama (Leandro Souza, 60).

(Suplentes: Chastre, Vilaça, Mércio, João Mendes, Mauro Alonso, Joel e Leandro Souza).

Treinador: Daniel Ramos.

Árbitro: Carlos Xistra (Castelo Branco).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Bruno Carvalho (09), Chico (58), Osama Rashid (61), São Bento (64), Hugo Ventosa (72) e Leandro Souza (90+1).

Assistência: Cerca de 1.000 espetadores.


Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de 2ª Liga

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.