FC Porto B-Benfica B: Jovic regressa em águia com fome de golos

Sérvio quer jogar mais e mostra-se hoje diante do rival, num ataque que tenta voltar a carburar

• Foto: Luís Manuel Neves

Depois de não ter sido aposta na derrota caseira com o Fafe (0-1), Luka Jovic será hoje a principal seta apontada ao coração do rival FC Porto B. Tal como Record noticiou, o avançado sérvio, que soma pouco mais de 300 minutos esta época - todos ao serviço da equipa B -, não está satisfeito com a pouca utilização ao serviço das águias e pode ser cedido em janeiro. No entanto, o jogador, de 18 anos, contratado por 6,6 milhões ao Estrela Vermelha, terá agora nova oportunidade para mostrar credenciais não só a Hélder Cristóvão, mas também a Rui Vitória.

A presença de Jovic é particularmente importante se tivermos em conta que o ataque das águias tem encontrado dificuldades, nos últimos jogos, em encontrar o caminho para a baliza adversária. Nos últimos cinco jogos na 2ª Liga, o Benfica B soma apenas quatro golos, o que coincide com a série de menor fulgor dos encarnados após um início de campeonato em grande forma.

Arranque de mês infernal

A deslocação ao reduto do FC Porto B marca o pontapé de saída num mês de dezembro que terá de ser encarado com a máxima seriedade. É que, para além do confronto no Olival, a equipa de Hélder Cristóvão vai aos estádios de Sp. Braga B e Académica, para além de receber o Sporting B. Uma sequência que, segundo o técnico, servirá de balanço. "Teremos jogos importantes. É uma competição onde queremos ser primeiros. É um mês importante para medir forças e saber até que ponto o trabalho está a ser bem feito", destacou Hélder Cristóvão, em declarações à BTV.

Quebrar ciclo negativo

Um clássico é sempre um clássico, mas a necessidade de voltar aos triunfos e quebrar um ciclo de três jogos sem vencer na 2ª Liga torna o encontro com o Benfica B ainda mais relevante.

"É um jogo sempre especial, pois não podemos olhar para ele sem tirar a carga emocional que está presente nos nossos adeptos e também nos jogadores, fruto do historial dos clubes", assumiu o técnico José Tavares. "É o jogo mais importante porque é o próximo e neste caso temos que respeitar a rivalidade e a emotividade que traz", acrescentou.

Para o treinador portista, os últimos resultados fazem parte do passado, ele que até tem visto o futebol da sua equipa aumentar de qualidade. "Vamos estar preparados e ainda com mais motivação. Estamos a caminho de nos tornarmos mais competitivos", referiu José Tavares.

Por Ricardo Granada,Tiago Ribeiro e Pedro Ponte
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de 2ª Liga

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0