FC Porto B-Estoril, 1-1: golos nasceram de erros individuais

Jovens dragões somam sexto jogo consecutivo sem perder

• Foto: José Gageiro/Movephoto

FC Porto B e Estoril empataram este sábado 1-1, em jogo da 22.ª jornada da 2ª Liga, com os golos a serem apontados na primeira parte na sequência de erros individuais.

Roberto, aproveitando uma perda de bola dos dragões, inaugurou o marcador, aos 25 minutos, com os nortenhos a resgataram o empate aos 36', beneficiando de um autogolo de Tembeng.

Com este resultado, o FC Porto B somou o sexto jogo consecutivo sem perder [quatro vitórias e dois empates], seguindo, à condição, no 10.º lugar do campeonato, com 29 pontos, enquanto que os canarinhos, que não vencem há dois jogos, desceram para o quinto posto, com 35.

Os jovens dragões, com o avançado Fábio Silva de novo a titular, até entraram melhor no desafio, assumindo uma postura mais ofensiva e chegando a criar alguns calafrios ao adversário, mas foram os visitantes a protagonizar a primeira grande situação de golo, num cabeceamento de Joãozinho, ao poste, ainda antes do quarto de hora.

Depois deste alerta, o Estoril assumiu a liderança no marcador, aos 25 minutos, quando Roberto foi astuto a recuperar uma bola perdida por Mor Ndiaye, no meio-campo portista, e arrancou isolado até marcar o 1-0.

O FC Porto ainda conseguiu minimizar os 'estragos' 11 minutos depois, também na sequência de um erro, num lance em que Tembeng foi infeliz ao desviar para a própria baliza um livre batido por Fábio Vieira, que estabeleceu o empate ao intervalo.

No segundo tempo, os dois conjuntos tentaram desfazer a igualdade, e até chegaram a criar oportunidades para tal, mas não tiveram suficiente inspiração, sobretudo na definição, para alterar o 1-1 que se arrastou até ao final.

Jogo no Estádio Municipal Dr. Jorge Sampaio SC, em Vila Nova de Gaia.

FC Porto B - Estoril, 1-1.

Ao intervalo: 1-1.

Marcadores:

0-1, Roberto, 25 minutos.

1-1, Tembeng, 36 (na própria baliza).

Equipas:

- FC Porto B: Ricardo Silva, Musa Yahaya, Ferraresei, Gonçalo Brandão, Luís Mata, Mor Ndiaye, Fábio Vieira, Rodrigo Valente, João Mário (Enow, 87), Afonso Sousa e Fábio Silva (Nkeng, 83).

Suplentes: Ivan, Diogo Bessa, Ángel Torres, Madi Queta, Pedro Justiniano, Nkeng e Enow.

Treinador: Rui Barros.

- Estoril: Dani Figueira, João Diogo, Lucas Cunha, Lucas Áfrico, Joãozinho, Tembeng, Miguel Crespo (Juninho, 58'), Daniel Bragança, Chiquinho (Pineda, 68'), Roberto (Careca, 75') e Rafael Barbosa.

Suplentes: Stojkovic, Careca, Gonçalo Santos, Pineda, Juninho, Marco Valente e Lucas Marques.

Treinador: Pedro Duarte.

Árbitro: David Silva (AF Aveiro).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Chiquinho (23'), Tembeng (34'), Joãozinho (37'), Musa Yahaya (41'), Miguel Crespo (45') e Mor Ndiaye (78').

Assistência: cerca 1.000 espetadores.

Por Lusa

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de 2ª Liga

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0