Filipe Silva fala em "caso de polícia"

Em causa a situação a envolver o Santa Clara

• Foto: Hélder Santos

Filipe Silva, presidente da SAD do U. Madeira, não se conforma com a sugestão enviada pela Comissão de Instrutores (CI) da Liga ao Conselho de Disciplina (CD) da FPF, em relação ao processo instaurado ao Santa Clara pela alegada não inscrição de dois jogadores com idade inferior a 23 anos, nas fichas de três jogos da 2ª Liga. Entre os quais o U. Madeira-Santa Clara [ver página 22]. Segundo o dirigente madeirense, "até aos dias de hoje, nenhum clube que utilizou irregularmente um jogador na ficha de jogo foi sancionado pelo CD apenas com multa", como sugere despacho da CI da Liga, "o que significa que – prossegue Filipe Silva –, a confirmar-se a notícia avançada na imprensa, estamos em presença de um caso de polícia, a merecer participação criminal junto da PGR, contra os membros dos órgãos responsáveis pela instrução e decisão".

Santa Clara e U. Madeira serão ouvidos em audiência disciplinar pelo CD da FPF no próximo dia 5 de junho. Só depois haverá uma decisão. 

Por João Manuel Fernandes
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de 2ª Liga

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0