Freamunde-Leixões, 0-1: Visitante mais forte em jogo de aflitos

Golo de João Freitas foi suficiente para somar 3 pontos na fuga aos lugares da despromoção

Kenedy estreou-se com um triunfo no comando técnico do Leixões
• Foto: José Moreira

O Leixões conseguiu este domingo um importante triunfo na corrida aos lugares de manutenção na 2.ª Liga, ao vencer fora, por 1-0, o Freamunde, que se afundou ainda mais na tabela classificativa.

Em encontro da 14.ª jornada, um golo de João Freitas, ainda no primeiro tempo, garantiu a conquista dos 3 pontos à equipa da Matosinhos, que passou a contar 12, contra nove dos donos da casa.

Num jogo que colocou frente a frente duas equipas igualadas, à partida, com 9 pontos na zona de despromoção, a formação matosinhense foi a que mais batalhou pela conquista da vitória.

As oportunidades mais flagrantes de golo, ao longo dos primeiros 45 minutos, pertenceram ao Leixões, que pecou, na maioria das vezes, pela falta de frieza na finalização.

Quase a chegar à meia hora, a formação de Matosinhos inaugurou o marcador, após a marcação de um livre por Bruno Lamas, João Freitas surgiu na área, aproveitou uma desatenção da defesa dos 'capões' e cabeceou para o golo.

O Freamunde não conseguiu criar qualquer situação de perigo no primeiro tempo.

Na etapa complementar, a equipa da casa entrou mais determinada, impondo um futebol mais rápido e perigoso.

A abrir o segundo tempo, Diogo Ramos, em posição frontal, fez um remate colocado, atirando a bola ao poste, fazendo acreditar que iria assumir o comando da partida.

No entanto, isso acabou por não acontecer e o jogo, apesar de equilibrado, caiu na monotonia, que se manteve até final.

Jogo disputado no Estádio do SC Freamunde.

Freamunde: Marco, Rui Rainho, Luís Pedro, Stéphane Madeira (Hassan, 41'), Rodolfo, Paulo Grilo, Fábio Vieira (Maxi Laso, 74'), Fausto, Ivan Perez, Miguel Pedro e Diogo Ramos.
Suplentes não utilizados: Dany, Huguinho, Leandro Pimenta, Leandro Albano e Pape Balla.
Treinador: Ricardo Chéu.

Leixões: Ricardo Moura, Wellington, André Teixeira, João Freitas, Belly, Bruno China, André Salvador (Rui Cardoso, 77'), Bruno Lamas (Chiquinho, 81'), Bruno Henrique (Gonçalo Gregório, 66'), Ludovic e Fatai.
Suplentes não utilizados: Assis, João Lucas, Silvério e Manuel José.
Treinador: Daniel Kennedy.

Árbitro: Vasco Santos (Porto).
Ação disciplinar: cartão amarelo para Rodolfo (14), Luís Pedro (50), Pape Balla (56), Bruno China (62) e Hassan (85).

Golo: João Freitas (29').

Assistência: Cerca de 1.000 espectadores.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de 2ª Liga

Notícias

Notícias Mais Vistas