Leixões-Académica, 2-1: Heróis do Mar vencem após reviravolta na segunda parte

Wendel e Kiki marcaram os golos que deram a vitória à equipa da casa

• Foto: Ricardo Jr / Record

O Leixões obteve este domingo a segunda vitória na Liga Sabseg, ao vencer em casa a Académica, por 2-1, após uma reviravolta no marcador no jogo da terceira jornada.

A equipa de Coimbra adiantou-se no marcador, por Traquina, aos 21 minutos, mas o Leixões empatou aos 48', por Wendel, e chegou ao 2-1 por Kiki, aos 67', somando agora sete pontos, mais seis do que a Académica, que vai com duas derrotas e ainda não venceu.

Os leixonenses dominaram os primeiros 20 minutos com um futebol dinâmico e saídas rápidas para o ataque, quase sempre pelo corredor esquerdo e através do lateral Seck.

Os anfitriões lançaram os primeiros avisos de perigo muito cedo, por Wendel e João Amorim, mas a primeira ocasião clara de golo do Leixões surgiu aos 11 minutos. Seck escapou a um adversário, cruzou atrasado, Sapara atirou de primeira e só não marcou porque Mika efetuou uma defesa excecional.

Seck voltou a causar problemas à defesa da Académica aos 13 minutos e João Amorim aproveitou e rematou, mas Mika estava no lugar certo e segurou o nulo.

A Académica parecia aturdida com o futebol veloz e objetivo do Leixões, até que Fatai deu um safanão na tendência que o jogo estava a ter, rasgando a defesa leixonense com uma diagonal e servindo Traquina, que fintou um oponente e fez o 0-1.

Os visitantes marcaram no seu primeiro remate à baliza contrária e daí até ao intervalo tomaram conta do jogo e criaram perigo por Fatai (38), que deixou João Amorim para trás, e o segundo num remate forte de Toro que o guardião leixonense desviou para a barra e para canto.

O Leixões voltou para a segunda parte sem Thalis e Gustavo França, que tinha recebido assistência médica após chocar de cabeça com Nduwarugira, com Wallyson e Jefferson Encada e outra vez ao ataque e foi rapidamente recompensado com o empate (48).

João Amorim cruzou, Fabinho ajeitou, Wendel aproveitou e, de cabeça, fez o 1-1, mas a Académica reagiu, tendo João Carlos forçado Bernaudeau a uma grande defesa aos 65 minutos.

O futebol rápido e acutilante do Leixões revelou-se sempre uma dor de cabeça para a equipa de Coimbra e foi dessa forma que Kiki completou a reviravolta no marcador, concluindo uma jogada trabalhada por Wendel e Jefferson Encada.

A Académica bateu-se até ao fim, mas já foi tarde porque o Leixões resistiu e, apesar da evidente fadiga de alguns jogadores, soube segurar aos três pontos.

--------------

Ficha de jogo

Jogo no Estádio do Mar, em Matosinhos.

Leixões -- Académica, 2-1.

Ao intervalo: 0-1.

Marcadores:

0-1, Traquina, 21 minutos.

1-1, Wendel, 48.

2-1, Kiki, 67.

Equipas:

Leixões: Beunardeau, João Amorim, Leo Bolgado, Gustavo França (Wallyson, 46), Seck, Nduwarugira, Morim (Bem Hassan, 75), Fabinho (Ricardo Teixeira, 85), Sapara (Kiki, 63), Wendel e Thalis (Jefferson Encada, 46).

(Suplentes: Stefanovic, Luisinho, Jefferson Encada, Bem Hassan, Kiki, Oliveira,Ricardo Teixeira e Luan Santos).

Treinador: José Mota.

Académica: Mika, João Pedro, Michael Douglas, Zé Castro, João Lucas (Fábio Vianna, 73), Ricardo Dias (Reko, 73), Mimito, Toro (Costinha, 86), Fatai (Hugo Seco, 73), Traquina (Dani, 81) e João Carlos.

(Suplentes: Stojkovic, Lorenzo Soares, Dani, Fábio Vianna, Michel Lima, Reko, Costinha, Guilherme e Hugo Seco).

Treinador: Rui Borges.

Árbitro: Fábio Melo (AF Porto).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Sapara (28), João Lucas (30), Toro (40), João Amorim (45), Fatai (54), Morim (73), Reko (75), Beunardeau (83), Mimito (87), Seck (90+5) e Hugo Seco (90+5).

Assistência: Cerca de 600 espetadores.

Por Lusa
1
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de 2ª Liga

Notícias

Notícias Mais Vistas