Leixões-Penafiel, 1-0: Matosinhenses somam terceiro triunfo seguido

Penafidelenenses atrasam-se na corrida pela subida de divisão

Breitner
• Foto: Movenotícias

O Penafiel voltou este domingo a atrasar-se na luta pela subida de divisão, ao perder por 1-0 no terreno do Leixões, que somou a terceira vitória consecutiva na 2ª Liga, à passagem da 34.ª jornada.

Um golo de Breitner, de grande penalidade, aos 44 minutos, valeu o triunfo à equipa de Matosinhos, que ainda continua na corrida, a quatro jornadas do final do campeonato.

O Penafiel adotou uma estratégia de risco, pressionando alto e tentando jogar no erro do Leixões. Com isso recuperou muitas bolas, fez vários contra-ataques, mas a finalização ficou sempre aquém do pretendido, nunca conseguindo, sequer, incomodar Tony.

A equipa da casa, por seu lado, soube ser paciente e mesmo com um reduzido número de ocasiões não só causou as mais perigosas, aos 33 minutos, quando Ricardo Barros atirou de fora da área para Ivo defender para a frente, surgindo Evandro Brandão, na recarga, a acertar no guarda-redes contrário.

Com o Leixões mais pressionante na fase final da primeira parte, Ricardo Barros (43) lançou na direita Medarious que na grande área foi empurrado por João Paulo, acabando o árbitro a assinalar penálti. Na conversão Breitner abriu o marcador.

Na segunda parte e já depois de Fábio Fortes ter entrado para aumentar as opções ofensivas do Penafiel na cobrança de um livre, Breitner (63) fez golo, mas o lance acabou invalidado por pretenso fora de jogo de Evandro Brandão.

Vendo o Penafiel a caminho do quarto jogo sem vencer, Gustavo (65 e 90), João Paulo (70) e Ludovic (84) deram trabalho a André Ferreira, e os minutos finais foram de muito nervosismo no Estádio do Mar.

A expulsão de Medarious, a cinco minutos dos 90, ainda gerou mais ansiedade entre os leixonenses, mas o resultado não se alterou.

Jogo no Estádio do Mar, em Matosinhos.

Leixões-Penafiel, 1-0.

Ao intervalo: 1-0.

Marcadores:

1-0, Breitner, 44 minutos (grande penalidade).

Equipas:

Leixões: Tony, Jorge Silva, Bruno China, Ricardo Alves, Derick, Amine, Luís Silva, Breitner (Semedo, 74), Medarious, Evandro Brandão (Kukula, 64) e Ricardo Barros (Haman, 80).

(Suplentes: André Ferreira, Jaime, João Lucas, Semedo, Haman, Chico Banza e Kukula).

Treinador: Francisco Chaló

Penafiel: Ivo, Kalindi, João Paulo, Luís Pedro, Daniel Martins (Fábio Fortes, 60), Romeu Ribeiro (Hélio Cruz, 74), Gustavo, Vasco Braga, Ludovic, (Diouf, 88), Gleison e Fábio Abreu.

(Suplentes: Tiago Rocha, Luís Dias, Hélio Cruz, Márcio Machado, Danilo, Diouf e Fábio Fortes).

Treinador: Armando Evangelista

Árbitro: Hugo Miguel (AF Lisboa).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Romeu Ribeiro (10), Ricardo Alves (31), Ricardo Barros (55), Vasco Braga (68), Kalindi (75), Medarious (83), Hélio Cruz (87), João Paulo (90+1). Cartão vermelho direto para Medarious (85).

Assistência: cerca de 1.000 espetadores.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de 2ª Liga

Notícias

Notícias Mais Vistas