Lourenço Pinto sobre a subida do Aves: «Era esperada e merecida»

Presidente da Associação de Futebol do Porto deu os parabéns à equipa

• Foto: David Martins

O presidente da Associação de Futebol do Porto, Lourenço Pinto, disse que a subida do Aves à 1.ª Liga, carimbada este domingo com o empate fora com o União da Madeira (2-2), "é uma satisfação enorme".

"Era esperada e merecida. O Aves tem feito uma aposta grande. Estão de parabéns os atletas, o mister José Mota, o presidente do clube, Armando Silva, e a sua equipa dirigente. Atingiram os objetivos pretendidos", acrescentou o dirigente associativo à agência Lusa.

O Aves passa, assim, a ser a quinta equipa da Associação de Futebol do Porto (AFP) na 1.ª Liga, juntando-se ao FC Porto, Boavista, Rio Ave e Paços de Ferreira, algo que para Lourenço Pinto significa o "avolumar" da associação a que preside.

"Quanto maior for a associação, que é constituída por cerca de 300 clubes, é motivo de regozijo. Deu-nos uma felicidade enorme", reforçou.

Para Lourenço Pinto, "quanto mais clubes tiver a associação melhor é para ela e é uma honra".

O dirigente é de opinião que o Aves "tem condições para ficar" na 1.ª Liga, "primeiro porque aposta muito na formação" e tem uma equipa B que iniciou este domingo, frente ao Canelas, de Vila Nova de Gaia, a luta pela subida aos campeonatos nacionais.

O Aves subiu este domingo pela quarta vez na sua história ao primeiro escalão do futebol português, mas nunca conseguiu a manutenção

"O Aves está no caminho certo e a colher os louros" da sua forte aposta na formação, reforçou o presidente da AFP.

Lourenço Pinto frisou ainda que este clube de Vila das Aves, no concelho de Santo Tirso, "não tem capacidade financeira, mas tem muita dignidade competitiva".

"É um pequeno clube, mas grande em dignidade", concluiu.

Por Lusa
1
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de 2ª Liga

Notícias

Notícias Mais Vistas