Mafra-Leixões, 1-1: Duas equipas prolongam séries sem ganhar

Jefferson Encada e Bruno Silva marcaram os golos do jogo

• Foto: Facebook Mafra

Mafra e Leixões empataram este domingo 1-1, em jogo da 20.ª jornada da 2.ª Liga, em que a formação de Matosinhos conseguiu alcançar o seu melhor resultado em visitas à casa da equipa do Oeste.

O Leixões adiantou-se no marcador com um golo de Encada, 28 minutos, e, na segunda parte, Bruno Silva, aos 58, empatou para o Mafra, consumando o 10.º jogo consecutivo do Mafra sem ganhar na competição.

Com este empate, o Mafra passa a somar 26 pontos e pode ser ultrapassado no sétimo lugar da classificação, enquanto o Leixões, já há quatro jogos sem vencer, com 23 pontos, também pode ser superado no 11.º posto.

O jogo abriu com o primeiro lance de golo do Mafra, com Carlos Daniel, aos quatro minutos, com um remate de fora da área, a enviar a bola ao poste. O Leixões deu muito espaço na zona central e o médio, oportuno, quase inaugurou o marcador.

Aos oito minutos, o Leixões respondeu num lance de contra-ataque. Tiago André subiu pelo corredor esquerdo, cruzou para a área, Nenê rematou 'embrulhado' num primeiro momento, mas a bola acabou nos pés de Rodrigo, que atirou a rasar o poste, já com Carlos Henriques estirado no relvado.

O Mafra assumiu o controlo de jogo e com um futebol mais apoiado fez o Leixões passar por dificuldades. Contudo, a equipa de José Mota equilibrou-se defensivamente e foi eficaz na resposta, chegando à vantagem pelo guineense Jefferson Encada, ao minuto 28.

Avto pegou na bola no flanco esquerdo, fletiu para o 'miolo' e, com um passe para as costas da defesa mafrense, deixou Encada na 'cara' de Carlos Henriques. O avançado ganhou o ressalto ao guardião e, com a baliza deserta, encostou para o 1-0.

O Mafra entrou mais agressivo na segunda parte e desde os primeiros instantes que colocou em sobressalto a defesa leixonense. Não abdicando do futebol apoiado, o Mafra procurava a profundidade, com a velocidade de Camará e Okitokandjo, mas o golo do empate acabou por surgir num remate de fora da área de Bruno Silva.

Na sequência de um pontapé de canto, depois de uma triangulação com João Cunha, Bruno Silva, de pé esquerdo, 'fuzilou' a baliza de Stefanovic, fazendo o empate e marcando o seu primeiro golo esta temporada.

Apesar de mais de meia hora para jogar, o Mafra foi perdendo o ímpeto com que entrou no segundo tempo, com mérito do Leixões ao travar o maior domínio do adversário.

As derradeiras oportunidades, de parte a parte, chegaram já para lá do minuto 90. Com o jogo 'partido', Rodrigo Martins testou os reflexos de Stefanovic e Papalele podia ter feito o 2-1 para o Leixões em cima do apito final, mas chegou ligeiramente atrasado ao cruzamento ao primeiro poste.

Jogo no Estádio Municipal de Mafra.

Mafra-Leixões, 1-1.

Ao intervalo: 0-1.

Marcadores:

0-1, Jefferson Encada, 28 minutos.

1-1, Bruno Silva, 58.

Equipas:

- Mafra: Carlos Henriques, Nuno Campos, João Cunha (Rodrigo Martins, 86), Pedro Barcelos, Bruno Silva, Kaká, Carlos Daniel (Lee, 58), João Graça (Cuca, 70), João Miguel, Okitokandjo (Edi Semedo, 86) e Camará.

(Suplentes: Filipe Neves, Rodrigo Martins, Andrézinho, Gui Ferreira, Cuca, Lee, Tomás Domingos, Mesquita e Edi Semedo).

Treinador: Filipe Cândido.

- Leixões: Stefanovic, Lucas Lopes, Pedro Pinto, Brendon, Tiago André (Seck, 46), Rodrigo (Joca Samuel, 62), Bruno Monteiro, Cristophe Nduwarugira, Avto (Jota, 90+2), Nenê (Sapara, 81) e Jefferson Encada (Papalele, 82).

(Suplentes: Tiago Silva, Diogo Gomes, Sapara, Jota, Papalele, Machado, Joca Samuel, Seck e Belkheir).

Treinador: José Mota.

Árbitro: João Malheiro Pinto (AF Lisboa).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Brendon (50), Camará (60), Cristophe Nduwarugira (71), Pedro Pinto (80) e Stefanovic (90+4).

Assistência: Jogo realizado à porta fechada devido à pandemia de covid-19.

Por Lusa

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de 2ª Liga

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.