Nacional-Santa Clara, 3-3: Madeirenses salvam-se nos descontos

Açorianos com segundo lugar em risco

• Foto: Nuno Gomes

Nacional e Santa Clara, primeiro e segundo classificados da II Liga, empataram este domingo 3-3, graças a um golo dos madeirenses nos descontos do jogo da 34.ª jornada disputado no Funchal.

Os açorianos dominaram a primeira parte e chegou ao intervalo a vencer por 2-0, com golos de Fernando Andrade, aos 22 e 38 minutos. No segundo tempo, o Nacional reduziu, por Ricardo Gomes, aos 59, Diogo Santos voltou a destacar o Santa Clara, aos 71, mas Bryan Róchez, aos 82, e Mauro Cerceira, aos 90+4, selaram o empate final.

Com este resultado, o Nacional permanece na liderança, com 63 pontos, mais seis do que os açorianos, que podem, ainda este domingo, ser ultrapassados por Penafiel e Arouca, que somam 55 pontos, e defrontam, respetivamente Leixões e Benfica B.

Numa primeira parte de grande qualidade, o Santa Clara chegou ao intervalo, com uma vantagem de dois golos, perfeitamente justificada pelo produzido até então.

Logo aos cinco minutos, Dennis Pineda rematou ao poste da baliza madeirense e o maior ascendente do Santa Clara foi premiado, à passagem do 22.º minuto, com o golo de Fernando Andrade.

Os açorianos continuavam a dominar e, aos 27, Osama Rashid, na marcação de um livre, obrigou Daniel Guimarães a uma boa defesa. Aos 31, o mesmo Osama Rashid culminou uma jogada envolvente, com um potente remate ao poste.

O Santa Clara exercia muita pressão sobre o portador da bola, criando inúmeros problemas na fase de construção do Nacional e, aos 38, Fernando Andrade voltou a marcar, ampliando a vantagem.

A partir daí, o conjunto madeirense esboçou uma reação e, aos 39, João Camacho, obrigou Marco Pereira a mostrar os seus recursos. Já em período de compensações, o guarda-redes do Santa Clara foi também forçado a aplicar-se, após um remate de Jota.

O Nacional entrou na segunda parte com outra disposição, ilustrada com as tentativas de Ricardo Gomes, primeiro, aos 49, com um remate desviado pela defesa, e, depois, com um cabeceamento para o primeiro golo dos madeirenses.

Apesar de praticamente remetido à defesa, o Santa Clara voltou a mostrar eficácia, e repôs a vantagem em dois golos, com um tento de Diogo Santos, na sequência de um pontapé de canto.

Aos 82, Bryan Róchez reduziu para o Nacional, na conversão de um livre no interior da área, que puniu um atraso de Toni Gorupec recolhido por Marco Pereira.

O suplente Mauro Cerqueira acabaria por conseguir o empate para o líder da II Liga, no terceiro minuto dos descontos, com um desvio para a baliza no segundo poste.

Jogo no Estádio da Madeira, no Funchal.

Nacional - Santa Clara, 3-3

Ao intervalo: 0-2

Marcadores:

0-1, Fernando Andrade, 22 minutos.

0-2, Fernando Andrade, 38.

1-2, Ricardo Gomes, 59.

1-3, Diogo Santos, 71.

2-3, Bryan Róchez, 82.

3-3, Mauro Cerqueira, 90+3.

Equipas:

- Nacional: Daniel Guimarães, Nii Plange (Witi, 74), Felipe Lopes, Diogo Coelho, Elízio (Mauro Cerqueira, 46), Christian, Jota, Vítor Gonçalves (Bryan Róchez, 60), Murilo, João Camacho e Ricardo Gomes.

(Suplentes: Framelin, Mauro Cerqueira, Witi, Bryan Róchez, Diego Barcellos, Mateus Silva e Júlio César).

Treinador: Costinha.

- Santa Clara: Marco Pereira, Vítor Alves, Accioly, Marcelo Oliveira, João Reis, Diogo Santos, Pedro Pacheco, Osama Rashid, Fernando Andrade (Toni Gorupec 79), Dennis Pineda (Minhoca, 61) e Paulo Clemente (Alfredo Stephens, 70).

(Suplentes: Rodolfo Cardoso, Minhoca, Toni Gorupec, Dani Coelho, Paulo Grilo, Kaio Pantaleão e Alfredo Stephens).

Treinador: Carlos Pinho.

Árbitro: Jorge Sousa (AF Porto).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Nii Plange (20), Jota (26), Osama Rashid (37), João Reis (89), Felipe Lopes (90) e Minhoca (90+1).

Assistência: 3.619 espetadores.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de 2ª Liga

Notícias

Notícias Mais Vistas