Olhanense-Benfica B, 1-2: Águias impõem sexta derrota consecutiva à formação algarvia

Heriberto abriu o marcador aos 36 minutos

• Foto: Ricardo Nascimento

O Benfica B venceu esta quarta-feira o Olhanense, por 2-1, em jogo da nona jornada da 2.ª Liga, disputado no Estádio José Arcanjo, em Olhão, impondo a sexta derrota consecutiva ao último classificado da prova.

Heriberto abriu o marcador, aos 36 minutos, e Galassi empatou, já no segundo tempo (60), mas Romário Baldé saltou do banco, aos 71, para, oito minutos depois, dar a vitória à equipa de Hélder Cristóvão, que foi mais eficaz num encontro equilibrado.

O Benfica B, que não perde há sete jogos, permanece no terceiro lugar da tabela, agora com 18 pontos, enquanto o Olhanense fez o seu melhor jogo da época em casa, mas continua no 22.º e último lugar, com apenas um ponto em nove jogos.

O Olhanense, com urgência em pontuar, surgiu mais pressionante do que nos últimos jogos em casa, tentando bloquear a primeira fase de construção do futebol 'encarnado', o que foi conseguindo sem, no entanto, criar perigo junto da baliza.

O primeiro momento de perigo surgiu aos 25 minutos, num cabeceamento de Jovic à barra com recarga desperdiçada por Kalaica, com resposta imediata dos algarvios por Salim Cissé, o seu melhor elemento, que no espaço de um minuto (27 e 28) atirou duas bolas aos 'ferros'.

O Benfica B mostrou-se mais eficaz e chegou à vantagem aos 36 minutos, por Heriberto, após bom trabalho de Jovic na esquerda, obrigando o técnico do Olhanense, Cristiano Bacci, a operar duas substituições ao intervalo.

Os algarvios entraram muito bem no reatamento e chegaram justamente ao empate, por Galassi (60 minutos), uma igualdade que deixou o jogo 'partido', numa meia hora final com várias oportunidades para ambos os lados.

Edgar Abreu falhou o 2-1 de baliza aberta, aos 67, Benitez atirou à barra, aos 69, e Romário Baldé, a primeira aposta de Hélder Cristóvão saída do banco 'encarnado', revelou-se decisivo, com o golo da vitória, aos 79 minutos.

Na pressão final, o Olhanense quase chegava ao empate, mas o guardião André Ferreira impediu duas tentativas perigosas de Jorman Aguilar (88 e 90+5).

Jogo no Estádio José Arcanjo, em Olhão.

Ao intervalo: 0-1.

Marcadores: 0-1, Heriberto, 36 minutos, 1-1, Galassi, 60, 1-2, Romário Baldé, 79.

Olhanense: Ricci, Carlos Freitas, Redolfi (Galassi, 46), Tiago Duque, Kiki, Virga, Tiago Barros, João Oliveira (Jorman Aguilar, 80), Edgar Abreu, Gonzalez Prado (Aldair, 46) e Salim Cissé.
Suplentes: Evtimov, Fábio Marinheiro, Galassi, Aldair, Jorman Aguilar, Olivier e Gerevini.
Treinador: Cristiano Bacci.

Benfica B: André Ferreira, Benitez, Ferro, Kalaica, Pedro Amaral, Pedro Rodrigues, João Carvalho (João Escoval, 90+2), Gilson, Heriberto (Dálcio, 81), Diogo Gonçalves e Luka Jovic (Romário Baldé, 71).
Suplentes: Zlobin, Romário, João Escoval, Dálcio, Luquinhas, Aurélio Buta e Azemovic.
Treinador: Hélder Cristóvão.

Árbitro: Pedro Vilaça (Viana do Castelo).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para João Carvalho (08), Galassi (76), Kiki (85) e Ferro (90+4).

Assistência: Cerca de 400 espetadores.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de 2ª Liga

Notícias

Notícias Mais Vistas