Oliveirense-Chaves, 0-3: Triunfo flaviense deixa subida cada vez mais perto

Golos de Perdigão, Sandro Lima e Luís Pinto

• Foto: Rui Minderico

O Chaves venceu este sábado na visita à Oliveirense por 3-0, em jogo da 38.ª jornada da 2.ª Liga, que carimba a escalada dos flavienses e afunda ainda mais a equipa do distrito de Aveiro.

Com golos de Perdigão (39 minutos), Sandro Lima (46) e Luís Pinto (80), o candidato à subida Chaves venceu em casa do lanterna-vermelha, a Oliveirense, que até começou melhor e mais assertiva mas a equipa flaviense foi pragmática.

Num jogo de futebol muito morno e mastigado, sem a técnica a sobressair, o Chaves sublinhou o porquê de ser o clube melhor classificado logo a seguir ao FC Porto B, uma vez que a eficácia e a frieza dos visitantes foram determinantes para a vitória.

Aos 24 minutos, Sandro Lima atirou ao lado e dois minutos depois, aos 26, foi a vez de Guimarães rematar por cima.

O primeiro golo do Chaves acabou por surgir aos 39 minutos por Perdigão, que marcou após passe de Stéphane Dassé.

Mas a equipa da casa reagiu muito bem com Oliveira, de livre aos 43, e Godinho, num remate cruzado no minuto seguinte, a porem à prova o guarda-redes visitante, que fez duas grandes defesas perto do intervalo.

Na segunda parte, o Chaves fez por merecer a vantagem ténue e fruto de alguma sorte que trazia do primeiro tempo e fez o segundo golo, por Sandro Lima, aos 46 minutos, após passe de Perdigão.

A equipa da casa mostrava dificuldade em responder, contabilizando apenas uma tentativa de Guimarães, aos 52, mas mais graças a uma falha de Mike.

Aos 80 minutos, o clube trasmontano acabou mesmo por ampliar e sentenciar a partida com um golo de Luís Pinto, a cruzamento de Diogo Cunha.

Jogo disputado no Estádio Carlos Osório, em Oliveira de Azeméis.

Ao intervalo: 0-1.

Marcadores:

0-1, Perdigão, 39 minutos.

0-2, Sandro Lima, 46.

0-3, Luís Pinto, 80.

Oliveirense: João Pinho, Fazenda, Luís, Sérgio, Kaká, Zé Pedro, Guimarães, Serginho, Godinho (Leleco, 63), Oliveira (Brou, 77) e Rafa (Marocas, 71).
Suplentes: Raphael Mello, Stephane Madeira, Babo, Leleco, Brou, Thompson e Marocas.
Treinador: Bruno Sousa.

Chaves: Paulo Ribeiro, Mike, Miguel Oliveira, Fábio Santos, Stéphane Dassé, Assis, Diogo Cunha, Patrão, Braga (Luís Pinto, 63), Perdigão (João Reis, 83) e Sandro Lima (Barry, 74).
Suplentes: António Filipe, Diogo Coelho, Siaka Bamba, Luís Pinto, João Reis, Barry e Tozé Marreco.
Treinador: Vítor Oliveira.

Árbitro: Manuel Oliveira (Porto).

Ação disciplinar: nada a registar.

Assistência: 500 espetadores.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de 2ª Liga

Notícias

Notícias Mais Vistas