Oliveirense-Vilafranquense, 2-2: Filipe Gonçalves garante empate aos da casa após reviravolta ribatejana

Equipa de Tralhão reagiu à desvantagem com golo de Leo Cordeiro e Diogo Pinto

A Oliveirense e o Vilafranquense empataram esta terça-feira 2-2, na 21.ª jornada da 2ª Liga portuguesa de futebol, prolongando para oito os jogos sem vitórias dos ribatejanos, que estiveram a vencer até ao cair do pano. As bolas paradas foram o 'carrasco' do Vilafranquense, que entrou a perder no encontro com o tento de Bortoluzo, aos quatro minutos, tendo operado a reviravolta em três minutos, com golos de Leonardo (55) e Diogo Pinto (58), mas Filipe Gonçalves restabeleceu a igualdade aos 89 minutos.

As duas formações entraram em campo à procura de fugir à zona de despromoção e foi na cabeça de Bortoluzo que a Oliveirense encontrou o caminho das redes, depois de um livre de Leo Bahia, que encontrou o avançado sozinho na pequena área.

No regresso do intervalo, a indefinição dos 'forasteiros' obrigou João Tralhão a mexer no tabuleiro da equipa ao colocar Marco Grilo, Kady e Rodrigo Rodrigues no espaço de 10 minutos, com resultado imediato no marcador.

Primeiro, a presença do possante avançado na área permitiu a Leonardo aproveitar a passividade da defesa para 'fuzilar' Arthur, e, três minutos depois, o 'guardião' afastou um cruzamento para fora de área, onde estava Diogo Pinto, que 'fuzilou' de primeira e assinou a reviravolta com um golo de belo efeito.

Diogo Pinto voltou a estar em destaque ao impedir o 'bis' de Bortoluzo com um grande corte, aos 65 minutos, e já perto do apito final, na marcação de um canto, Leo Bahia levantou para o primeiro poste e Filipe Gonçalves, solto de marcação, desviou de cabeça para o empate.

Com este resultado, as equipas mantêm-se nas mesmas posições da tabela, com os comandados de Raul Oliveira no 14.º lugar, com 22 pontos, e os ribatejanos no 15.º posto, com 20, mais cinco do que Varzim e FC Porto B, em zona de descida.

Jogo realizado no Estádio Carlos Osório, em Oliveira de Azeméis, Aveiro.

Oliveirense-Vilafranquense: 2-2.

Ao intervalo: 1-0.

Marcadores:

1-0, Bortoluzo, aos 4.

1-1, Leonardo, 55.

1-2, Diogo Pinto, 58.

2-2, Filipe Gonçalves, 89.

Equipas:

- Oliveirense: Arthur, Leandro Silva, Steven Pereira, Pedro Machado, Leo Bahia, Filipe Gonçalves, Michel Lima (Dionathã, 90+3), Oliveira (Miguel Lima, 64), Bortoluzo (Luisinho, 90+3), Kenidy (António Gomes, 86) e Jorge Teixeira.

(Suplentes: Paquete, Filipe Alves, Hugo Oliveira, Luisinho, Pedro Ferreira, Miguel Lima, Sele Davou, Dionathã e António Gomes.)

Treinador: Raul Oliveira.

- Vilafranquense: Tiago Martins, Marcos Vinícius (Marco Grilo, 46), Sparagna, Diogo Coelho, Timbó, Vítor Bruno, Gonçalo Santos (Kady, 55), Leo Cordeiro (Diogo Izata, 78), Nuno Rodrigues (Rodrigo Rodrigues, 55, André Claro, 72), Diogo Pinto e Evandro Brandão.

(Suplentes: Bruno Ferreira, Diogo Izata, Rodrigo Rodrigues, Marco Grilo, André Claro, Eric Veiga, Kady, Rúben Gonçalves e Mbombo.)

Treinador: João Tralhão.

Árbitro: Marcos Brazão (AF Algarve).

Ação disciplinar: cartão amarelo para Gonçalo Santos (24), Marcos Vinícius (35), Miguel Lima (83), Leandro Silva (85) e Evandro Brandão (85).

Assistência: Jogo realizado à porta fechada devido à covid-19.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de 2ª Liga

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.