Oriental-Sp. Covilhã, 0-0: Empate deixa lisboetas mais aflitos

Estreia de Jorge Andrade no comando técnico da formação grená

• Foto: David Martins

Oriental e Sp. Covilhã empataram este sábado 0-0, num encontro repartido, mas nem sempre bem disputado, com várias ocasiões de golo para ambas as equipas, em jogo da 38.ª jornada da 2.ª Liga.

Com este resultado, a formação lisboeta fica ainda mais condenada à descida, com 35 pontos, menos nove que a primeira equipa acima da zona de despromoção, o Leixões. Já o Sp. Covilhã ocupa agora um confortável 14º posto, com 48.

No primeiro jogo de Jorge Andrade à frente do comando técnico do conjunto grená, foi a equipa serrana a primeira a criar perigo junto da baliza de Rafael Veloso, que ao sair em falso a uma bola bombeada para a grande área, permitiu a recarga a Joel que foi intercetada já em cima da linha de golo, aos sete minutos.

Depois de anulado um golo a Fernando, por fora de jogo, a equipa da casa ficou empolgada e superiorizou-se dentro das quatro linhas, com os extremos Hugo Firmino e Henrique Gomes a criarem problemas à defensiva visitante.

Aos 23 minutos, foi, mais uma vez, o inconformado Fernando a estar muito perto de inaugurar o marcador. Hugo Grilo após uma boa iniciativa do lado direito, ganhou no ressalto a Gilberto e assistiu o avançado brasileiro, que rematou forte e levou a bola a rasar a barra da baliza Igor.

No arranque da segunda parte, o Oriental entrou mais aguerrido em campo e, à passagem do minuto 55, Hugo Firmino, com um remate fortíssimo fora de área, permitiu a Igor uma defesa espetacular.

Com o terreno de jogo pesado devido à chuva forte que se fez sentir, a equipa da casa dispôs das melhores oportunidades para marcar e esteve sempre mais perto de desfazer o nulo, mas, na hora de finalizar, faltou a sorte e a eficácia necessária.

Até final, o futebol jogado piorou e as duas equipas não tiveram ideias nem conseguiram criar jogadas de perigo iminente para desfazer o empate.

Jogo no campo Eng. Carlos Salema, em Lisboa.

Oriental: Rafael Veloso, Hugo Grilo, Diego Tavares, André Almeida, João Pedro, Tiago Mota, Tom, Bruno Aguiar (Daniel Almeida, 82), Hugo Firmino, Henrique Gomes (Leonel, 66) e Fernando (Peter, 75).
Suplentes: Mota, Valdo Alhinho, Varudo, Leonel, Peter, Daniel Almeida e Simões.
Treinador: Jorge Andrade.

Sp. Covilhã: Igor, Tiago Moreira, Zé Pedro (Soares, 48), Victor Massaia, Joel, Diarra, Gilberto, Zé Tiago, Elenilson (Eder Diez, 66), Davidson e Diogo Ribeiro (Medarious, 86).
Suplentes: Taborda, Medarious, Edgar, Eder Diez, Mateus, Fabinho e Soares.
Treinador: Francisco Chaló.

Árbitro: João Matos (Viana do Castelo).

Ação disciplinar: cartão amarelo para Zé Pedro (40), Diarra (51), Davidson (76) e Daniel Almeida (90+3).

Assistência: cerca de 250 espetadores.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de 2ª Liga

Notícias

Notícias Mais Vistas