Penafiel-Benfica B, 1-1: Empate num jogo emocionante

Encarnados pontuam pela primeira vez fora de casa esta época

• Foto: Benfica

O Penafiel empatou este domingo a uma bola na receção ao Benfica B, ficando a dever a si próprio e ao guarda-redes Fábio Duarte o regresso às vitórias, num jogo 'vivo' da 10.ª jornada da 2.ª Liga.

O central Pedro Álvaro adiantou o Benfica B, aos 12 minutos, na sequência de um pontapé de canto, mas Ludovic, aos 36, repôs a igualdade para o Penafiel, correspondendo a um cruzamento da esquerda e fixando o resultado final.

Na classificação, o Penafiel, que somou o sexto jogo consecutivo sem vencer, em todas as competições, sobe ao nono lugar, com os mesmos 12 pontos do Académico de Viseu, enquanto o Benfica B, que pontuou fora pela primeira vez no campeonato, ascendeu, também à condição, ao 11.º posto, com 11.

Os locais criaram mais oportunidades ao longo do jogo, o que se acentuou no segundo tempo, e ficaram mais perto da vitória, mas a falta de pontaria, nuns casos, e uma grande exibição de Fábio Duarte determinaram a divisão de pontos.

O guarda-redes do Benfica B foi chamado a mostrar serviço logo aos cinco minutos, acabando por levar a melhor a Yuri e Ludovic no mesmo lance, como tantas vezes aconteceu ao longo do encontro.

À melhor entrada do Penafiel no encontro respondeu de forma eficaz o Benfica B, aos 12 minutos, com o golo de Pedro Álvaro, de cabeça, na sequência de um pontapé de canto, um lance que quase se repetia aos 18 minutos.

O Penafiel respondeu à desvantagem e voltaria a ameaçar a baliza contrária aos 14, mas Fábio Duarte, mais uma vez, voltou a ganhar o 'duelo' a Yuri, não conseguindo somente travar o remate de Ludovic, aos 36, correspondendo a um centro da esquerda.

Até ao intervalo, o guarda-redes do Benfica B votou a chamar a si o protagonismo, ao negar o golo a Alan Schons, que cabeceou sem marcação na pequena área.

A formação 'encarnada' jogou o jogo pelo jogo, favorecendo um espetáculo prejudicado pelo estado pesado do relvado, e nunca deixou de atacar, pertencendo-lhe até a primeira situação de golo no segundo tempo, num lance em que Paulo Henrique, no último instante, conseguiu impedir o remate de Rodrigo Conceição.

Mais experiente, o Penafiel conseguia ter mais bola nesta fase e tinha mais aproximações perigosas à baliza, com Ronaldo Tavares e Ludovic a revelarem falta de pontaria no momento do remate, o que se repetiria já no tempo de compensação, envolvendo, de novo, Ronaldo Tavares e Gleison, mas o resultado não sofreria mais alterações.

Jogo disputado no Estádio 25 de Abril, em Penafiel.

Penafiel - Benfica B, 1-1.

Ao intervalo: 1-1.

Marcador:

0-1, Pedro Álvaro, 12 minutos.

1-1, Ludovic, 36.

Equipas:

Penafiel: Luís Ribeiro, Pedro Coronas, João Paulo, Felipe Macedo, Paulo Henrique, Rafa Sousa (Ruster, 90+1), Romeu Ribeiro, Ludovic (Gleison, 79), Alan Schons, Yuri Araújo e Ronaldo Tavares.

(Suplentes: Léo, Jeferson, Leandro, Ruster, Alfredo, Márcio e Gleison).

Treinador: Miguel Leal.

Benfica B: Fábio Duarte, João Ferreira, Pedro Álvaro, Morato, Nuno Tavares, Diogo Mendes, Vukotic (Martin Chrien, 63), David Tavares, Rodrigo Conceição, Daniel dos Anjos (Gonçalo Ramos, 82) e Tiago Dantas (Tiago Gouveia, 72).

(Suplentes: Diogo Garrido, Kalaica, Frimpong, Martin Chrien, Nuno Santos, Tiago Gouveia e Gonçalo Ramos).

Treinador: Renato Paiva.

Árbitro: João Gonçalves (AF Porto).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Rafa Sousa (45+1), Pedro Álvaro (47), Ludovic (57), Martin Chrien (69), João Ferreira (86), Felipe Macedo (90) e Ronaldo Tavares (90+5).

Assistência: cerca de 350 espetadores.

Por Lusa
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de 2ª Liga

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.