Penafiel-FC Porto B (1-0): Dragões perdem mas ficam no comando

Penafidelenses estão nos lugares de subida

O Penafiel recebeu e venceu esta quarta-feira o FC Porto B, que mantém a liderança da 2ª Liga, por 1-0 e subiu ao quinto lugar, estando na luta direta pelos lugares de subida, após a 22.ª jornada.

O único golo do encontro surgiu aos 26 minutos e foi marcado por Gustavo, segundo melhor marcador do Penafiel, agora com seis golos, menos um do que Fábio Abreu, e resultou do melhor lance coletivo do encontro, com o brasileiro a surgir isolado na área, após triangulação com Fábio Abreu, e a bater Diogo Costa.

A equipa da casa foi melhor durante mais tempo e acabou por justificar o triunfo, apesar da réplica dos jovens portistas (o jogador mais velho nos 18 eleitos de António Folha foi o reforço Danúbio, com 22 anos), nomeadamente na segunda parte.

Os líderes da prova, que não criaram uma situação de verdadeiro perigo em todo o jogo, acabaram manietados por um Penafiel mais experiente e que melhor soube combinar as saídas em transição com as jogadas mais trabalhadas.

Na primeira parte, a bola andou com frequência nos dois meios campos, na maior parte das vezes com vantagem das defesas, mas o Penafiel foi sempre a equipa mais dinâmica e intencional.

Ludovic, aos sete minutos, ensaiou uma saída rápida em transição, numa jogada a três toques e concluída com um remate cruzado à entrada da área, mas seria Gustavo, aos 26, a resolver o jogo, após uma jogada que envolveu vários jogadores e terminou com uma combinação curta com Fábio Abreu, que iludiu a marcação e permitiu ao médio brasileiro cedido pelo Portimonense isolar-se e inaugurar o marcador.

O FC Porto B surgiu mais afoito e rápido sobre a bola no segundo tempo. As entradas de Djim e Chikhauoi permitiram à equipa jogar mais adiantada, o jogo endureceu a meio campo, mas foi o Penafiel a dispor da única oportunidade de golo, aos 58 minutos, quando Fábio Abreu, livre de marcação na área, falhou a emenda a um centro de José Gomes da esquerda.

Os minutos finais do encontro foram passados junto da área penafidelense, mas sem que o FC Porto B, que só ameaçou num remate exterior de Cassamá, aos 60 minutos, conseguisse importunar Ivo Gonçalves.

Com este resultado, o Penafiel ascendeu ao quinto lugar, com os mesmos 36 pontos de Académico de Viseu, terceiro e em zona de subida, e Leixões, quarto, enquanto o FC Porto B, e apesar de ter visto interrompida uma série de seis jogos sem perder, mantém a liderança, com 41, apenas mais um do que a Académica, segunda.

Jogo no Estádio 25 de Abril, em Penafiel.

Penafiel - FC Porto B, 1-0.

Ao intervalo: 1-0.

Marcador:

1-0, Gustavo, 26 minutos.

Equipas:

Penafiel: Ivo Gonçalves, Kalindi, João Paulo, Luís Pedro, José Gomes, Ludovic (César, 87), Vasco Braga, Rafa Sousa, Fábio Fortes (Diouf, 90+3), Gustavo (Hélio, 74) e Fábio Abreu.

(Suplentes: Tiago Rocha, Diouf, Luís Dias, Daniel Martins, Hélio, César e Márcio).

Treinador: Armando Evangelista.

FC Porto B: Diogo Costa, Diogo Queirós, Diogo Leite, Rui Moreira, Bruno Costa, Musa Yahaya, Luizão, Moreto Cassamá (Madi Queta, 74), Luís Mata (Chikhaoui, 59), Danúbio (Toni Djim, 59) e Santiago Irala.

(Suplentes: Mbaye, Oleg, Justiniano, Romário Baró, Chikhaoui, Madi Queta e Toni Djim).

Treinador: António Folha.

Árbitro: Manuel Mota (Braga).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Rafa Sousa (38), João Paulo (63), Moreto Cassamá (63), Kalindi (65), Luís Pedro (68) e Bruno Costa (71).

Assistência: Cerca de 500 espetadores.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de 2ª Liga

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.