Penafiel-Leixões, 1-1: Nota positiva em jogo equilibrado

Equipas mantêm-se próximas da zona de subida após a 15.ª jornada

• Foto: Arquivo

Penafiel e Leixões empataram este domingo 1-1 e prolongaram os registos positivos na 2.ª Liga, mantendo-se próximos da zona de subida após a 15.ª jornada, num jogo equilibrado e de oportunidades repartidas.

O Leixões adiantou-se no marcador aos 31 minutos, pelo central Jaime Simões, de cabeça, na sequência de um pontapé de canto, mas o Penafiel restabeleceu a merecida igualdade aos 71, numa grande penalidade convertida por Gustavo, a castigar uma alegada falta de Derick sobre Gleison na área da formação de Matosinhos.

Sem perder no campeonato há oito jogos, desde que Armando Evangelista assumiu o comando técnico da equipa, o Penafiel dividiu o controlo com o Leixões, uma equipa também transfigurada para melhor após a entrada do técnico João Henriques (um derrota em 12 jogos), num jogo muito disputado, embora nem sempre bem jogado.

A qualidade do espetáculo foi secundarizada pela entrega dos jogadores das duas equipas, com as defesas muito atentas às movimentações dos avançados, mas a permitirem uma ou outra entrada dos médios.

Foi desta forma que o Penafiel criou a primeira situação de perigo, aos sete minutos, mas Ludovic, ex-Leixões, optou por assistir um colega quando podia ter rematado à baliza, após um passe longo de Fábio Abreu da esquerda.

A toada de parada e resposta mantinha os adeptos presos ao jogo e, aos 23 minutos, foi Stephen, com um remate de fora da área, a fazer brilhar o guarda-redes do Penafiel, que nada pôde fazer pouco depois, aos 31, quando Jaime Simões, sem marcação, inaugurou o marcador, de cabeça, após um canto.

O golo tranquilizou a experiente equipa do Leixões, mas o Penafiel demorou pouco a responder e ainda antes do intervalo, aos 44 minutos, novamente por Ludovic, ficou perto do empate, valendo a intervenção de André Ferreira.

O Penafiel manteve a iniciativa no arranque da segunda parte, porfiou na busca do empate, com Kalindi e Ludovic, especialmente este último, a ameaçarem o golo, que apenas surgiria aos 71, por Gustavo, na transformação de um penálti.

As duas equipas revelaram inconformismo com o resultado, mantiveram como objetivo a baliza adversária e Evandro Brandão, aos 85 minutos, na única oportunidade do Leixões em toda a segunda parte, falhou escandalosamente a baliza do Penafiel, no último lance de perigo do encontro.

Com este empate, o Leixões passou a somar 26 pontos, ocupando o quarto lugar, mantendo dois de vantagem sobre o Penafiel, que é sétimo, ambos na discussão pelos lugares de subida.

Jogo no Estádio 25 de Abril, em Penafiel.

Penafiel-Leixões, 1-1.

Ao intervalo: 0-1.

Marcadores:

0-1, Jaime Simões, 31 minutos.

1-1, Gustavo, 71 (penálti).

Equipas:

Penafiel: Ivo Gonçalves, Kalindi, João Paulo, Luís Pedro, José Gomes (Daniel Martins, 58), Rafa Sousa, Ludovic (Caetano, 66), Romeu Ribeiro, Gustavo (Fábio Fortes, 85), Gleison e Fábio Abreu.
Suplentes: José Costa, Luís Dias, Diouf, Daniel Martins, Danilo, Caetano e Fábio Fortes.
Treinador: Armando Evangelista.

Leixões: André Ferreira, Jorge Silva, Jaime Simões, Ricardo Alves, João Lucas (Derick, 64), Bruno China (Amine, 72), Stephen, Luís Silva, Breitner (Evandro Brandão, 77), Kukula e Bruno Lamas.
Suplentes: Nuno Pereira, Matheus Costa, Amine, Derick, Belima, Okitokandjo e Evandro Brandão.
Treinador: João Henriques.

Árbitro: Rui Costa (Porto).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Luís Silva (15), Romeu Ribeiro (36), Luís Pedro (38), Bruno China (45+1), Rafa Sousa (52) e Derick (73).

Assistência: 1.302 espetadores.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de 2ª Liga

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.