Penafiel-Oliveirense, 1-0: golo de Ronaldo Tavares foi decisivo

Durienses regressam aos triunfos seis jogos depois

• Foto: Carlos Gonçalves

Um golo de Ronaldo Tavares, aos 79 minutos, garantiu esta quarta-feira a vitória ao Penafiel na receção à Oliveirense, por 1-0, quebrando uma série de seis encontros sem vencer, em jogo da 19.ª jornada da 2.ª Liga.

O possante avançado do Penafiel precisou de apenas três minutos em campo para desbloquear este jogo em atraso, graças a um trabalho individual concluído com um remate forte e colocado à entrada da área da Oliveirense.

Com este triunfo, o primeiro dos 'rubro-negros' em 2021, o Penafiel ascendeu ao oitavo lugar, com os mesmos 29 pontos do Casa Pia e dois jogos a menos, enquanto a Oliveirense manteve os 22 e o 14.º lugar, empatado com o Cova da Piedade, em zona complicada da classificação.

O jogo não foi brilhante, mas teve emoção, foi equilibrado e repartido até em número de oportunidades de golo, com prevalência das defesas sobre os ataques, cujos intérpretes revelaram não raras vezes alguma falta de arte na hora da finalização.

O Penafiel teve mais iniciativa, mas foram os forasteiros os primeiros a ficar perto do golo, por Bortoluzo, de cabeça, aos 15 minutos, respondendo os locais aos 30, numa transição rápida concluída por Wagner, com um remate para fora.

O equilíbrio manteve-se no segundo tempo, com o Penafiel quase sempre a assumir as despesas do jogo, mas a revelar-se perdulário na finalização.

Rui Pedro, sem oposição na pequena área, aos 66 minutos, cabeceou por cima, correspondendo a um cruzamento de Simãozinho da esquerda, ainda antes de Ronaldo Tavares entrar e resolver o jogo.

Em desvantagem, a Oliveirense adiantou as suas linhas e procurou o empate, que podia ter surgido já nos descontos, num remate de longe de Steven Pereira, com Emanuel Novo batido no lance.

Jogo disputado no Estádio 25 de Abril, em Penafiel.

Penafiel - Oliveirense, 1-0.

Ao intervalo: 0-0.

Marcadores:

1-0, Ronaldo Tavares, 79 minutos.

Equipas:

- Penafiel: Emanuel Novo, Capela, Dénis Duarte, Ricardo Machado (Simãozinho, 64), Gustavo Henrique, João Amorim (David Caiado, 83), Paulo Henrique, Bruno César (Júnior Franco, 83), Robinho, Rui Pedro e Wagner (Ronaldo Tavares, 76).

Suplentes: Filipe Ferreira, Vitinha, David Santos, Leandro Teixeira, Simãozinho, Júnior Franco, David Caiado, Pedro Prazeres e Ronaldo Tavares.

Treinador: Pedro Ribeiro.

- Oliveirense: Arthur Augusto, Steven Pereira, Filipe Gonçalves, Pedro Machado (Sele Davou, 86), Leandro, Léo Bahia, Ono, Luisinho (Thalis, 73), Miguel Lima, Bortoluzo (Michel, 73) e Jorge Barbosa (Pedro Ferreira, 61).

Suplentes: Paquete, Hugo Oliveira, Felipe Alves, Michel, Pedro Ferreira, Sele Davou, Kenidy, Obi e Thalis.

Treinador: Raul Oliveira.

Árbitro: Hugo Silva (AF Santarém).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Paulo Henrique (45+2), Luisinho (68) e Dénis Duarte (72).

Assistência: Jogo realizado à porta fechada devido à pandemia de covid-19.

Por Lusa

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de 2ª Liga

Mudar a sorte no Marcolino

Fogaceiros têm estado particularmente azarados nos últimos minutos dos jogos caseiros. Ganhar ao Varzim é imperativo

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.