Rio Ave-Farense, 2-1: vilacondenses construíram resultado na 1.ª parte e depois aguentaram pressão algarvia

Golos apontados nos primeiros 45 minutos

O Rio Ave venceu hoje o Farense, por 2-1, numa partida da 19.ª jornada da Liga Sabseg, em que os vila-condenses capitalizaram os golos apontados numa primeira parte melhor conseguida, sustendo, depois, a reação do adversário

Pedro Mendes, logo aos quatro minutos, colocou os nortenhos em vantagem, e apesar do Farense ainda ter resgatado o empate, por Fabrício Isidoro, aos 29, Aziz recuperou a vantagem do Rio Ave, logo aos 31, impondo um resultado que se manteve na segunda metade.

Com este resultado, a equipa de Vila do Conde, mesmo com dois jogos a menos, passa a somar 33 pontos, a três dos lugares de subida de divisão, enquanto o Farense, que somou a terceira derrota consecutiva, marca passo na fuga à cauda da tabela classificativa, mantendo-se no antepenúltimo posto, com apenas 14 pontos

O Rio Ave começou a justificar o triunfo com uma entrada demolidora no jogo, e em menos de cinco minutos inaugurou o marcador, num belo remate de primeira de Pedro Mendes, após cruzamento de Guga.

Com esse embalo, a ainda antes do quarto de hora, os locais estiveram perto de ampliar a vantagem, num lance em que os dois defesas centrais, Santos e Pantalon, em boa posição, não conseguiram superar o guarda-redes dos algarvios Defendi.

O Farense não se atemorizou com o domínio inicial dos locais, e paulatinamente foi se acercando da baliza contrária, quase sempre conduzido pelo 'endiabrado' Mayambela, que potenciava situações de perigo, nomeadamente num remate de Pedro Henrique.

Com essa reação dos algarvios, acabou por não surpreender o golo do empate, aos 29 minutos, num tiro de Fabrício Isidoro, a aproveitar um mau alívio da defesa vila-condense a um cruzamento de Mayambela.

No entanto, os festejos do conjunto de Faro não durariam mais de dois minutos, porque na resposta o Rio Ave foi letal, recuperando vantagem, por Aziz, após jogada e assistência de Guga, que fixou o 2-1 ao intervalo.

No segundo tempo, o Rio Ave deu iniciativa ao Farense, que tomou as rédeas do jogo, e criou boas chances para marcar, nomeadamente por Fabrício Isidoro e Vasco Lopes, mas, ao pecar na finalização, foi permitindo ao Rio Ave, que praticamente se limitou a defender o resultado nesta segunda etapa, segurar o triunfo até ao final.

Jogo no Estádio do Rio Ave FC, em Vila do Conde

Rio Ave - Farense: 2-1

Ao intervalo: 2-1

Marcador:

1-0, Pedro Mendes, 04 minutos.

1-1, Fabrício Isidoro, 29.

2-1, Aziz, 31.

- Rio Ave: Jhonatan, Costinha, Renato Panatalon, Aderllan Santos, Sávio (Hugo Gomes, 86), Amine (Zimbabwe, 77), Joca (Zé Manuel, 67), Guga (João Graça, 86), Gabrielzinho, Aziz (Ukra, 77) e Pedro Mendes.

(Suplentes: Leo Vieira, Hugo Gomes, Ronan, Sylla, Ukra, João Graça, Zé Manuel, Fábio Ronaldo e Zimbabwe).

Treinador: Luís Freire.

- Farense: Defendi, Gut, Robson, Abner, Miguel Bandarra, Bruno Paz, Fabrício Isidoro (Mica, 71), Henrique, Mayambela (Madi Queta, 82), Pedro Henrique (Elves Baldé, 64) e Cristian (Vasco Lopes, 64).

(Suplentes: Ricardo Velho, Vasco Lopes, Madi Queta, Cláudio Falcão, Lucca, Elves Baldé, Vasco Oliveira, Mica e Eduardo Macha).

Treinador: Vasco Faísca.

Árbitro: Manuel Mota (AF Braga).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Robson (49), Zimbabwe (85) e Vasco Lopes (90+4).

Assistência: cerca de 1.500 espetadores.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

Ultimas de 2ª Liga

Notícias

Notícias Mais Vistas