Sindicato dos Jogadores repudia palavras de José Augusto

Organismo fala em "comentários racistas"

A carregar o vídeo ...
Treinador do Portimonense gera polémica no banco

O Sindicato dos Jogadores reagiu esta segunda-feira à polémica em torno de José Augusto, treinador do Portimonense, e das alegadas palavras dirigidas por este a Mama Baldé, jogador do Sporting B. O organismo presidido por Joaquim Evangelista não hesita em classificar a situação como racismo, o que repudia com firmeza.

"O Sindicato dos Jogadores Profissionais de Futebol (SJPF) tomou conhecimento dos comentários racistas proferidos pelo treinador do Portimonense, José Augusto, em relação ao jogador do Sporting B, Mama Baldé, durante a partida realizada entre as duas equipas. Os referidos comentários constituem uma prática inaceitável que merece o mais incisivo repúdio, independentemente do contexto em que foram produzidos", pode ler-se no comunicado.

O Sindicato aproveitou ainda para sugerir ao técnico que apresente um pedido público de desculpas ao jogador: "Sem prejuízo das normas regulamentares e da elevada consideração que nos merece, o treinador José Augusto tem a oportunidade de se penitenciar pelo sucedido e apresentar publicamente um pedido de desculpas ao jogador Mama Baldé, a quem o SJPF manifesta, desde já, o seu total apoio".

Recorde-se que o técnico dos algarvios negou que tivesse proferido qualquer insulto racista.

Por Luís Miroto Simões
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de 2ª Liga

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.