Sp. Covilhã-Académica, 1-2: Golo de Djoussé nos descontos deu vitória à Briosa

Avançado saiu do banco de suplentes para dar o primeiro triunfo forasteiro à formação de Coimbra

• Foto: Filipe Pinto

Um golo de Djoussé, nos descontos, deu este domingo à Académica a primeira vitória fora, por 2-1, frente ao Sporting da Covilhã, na 13.ª jornada da 2.ª Liga portuguesa de futebol.

Brendon (65) deu vantagem aos anfitriões, Traquina (74) empatou e Djoussé (90+3) saiu do banco para operar a reviravolta.

Durante toda a primeira metade, os serranos, há seis jogos sem vencer e com a possibilidade de escalarem ao terceiro lugar em caso de vitória, foram mais consistentes durante a primeira parte, apresentaram grande caudal ofensivo e foram mais perigosos, mas sem eficácia.

Adriano Castanheira protagonizou a primeira situação flagrante, aos 10 minutos, num cabeceamento que Mika parou. Na outra baliza Mike tentou a sorte, mas a bola saiu muito por cima da barra e foi novamente Adriano a assustar.

Ao minuto 23, o esquerdino dos 'leões da serra' tocou de cabeça, Mika não agarrou e foi Zé Castro a evitar o golo quase em cima da linha. Brendon e Bonani também testaram a atenção do guarda-redes da Académica e, antes do descanso, a única jogada de perigo do emblema de Coimbra chegou num remate de Lacerda por cima da barra.

Na segunda parte, o jogo começou com menor intensidade e ganhou equilíbrio. A Académica, vinda de uma vitória, depois de quatro jogos a perder, criou perigo por João Mendes, com um remate de livre a sair ao lado e, ao minuto 60, Derik Lacerda obrigou à defesa de Carlos Henriques.

Ao minuto 65, o Covilhã chegou à vantagem. Na sequência de um canto batido por Gilberto, Brendon cabeceou certeiro na área. A 'briosa' reagiu e ameaçou por João Mendes.

O empate tardou pouco e chegou aos 74 minutos, por Traquina, que encostou ao segundo poste, a aproveitar um ressalto após o remate de Osei, num lance muito contestado pelos serranos.

Ricardo Soares refrescou todo o ataque e, ao minuto 85, os 'leões da serra' reclamaram grande penalidade sobre Adriano. Hélder Malheiro expulsou Mike, mas considerou a falta fora. Na marcação do livre, Gilberto acertou na barreira e, na recarga, Tiago Moreira rematou a rasar a trave.

Três minutos após o tempo regulamentar o guardião Mika fez um passe longo, Djoussé isolou-se e virou o resultado.

Jogo no Estádio Santos Pinto, na Covilhã.

Sporting da Covilhã - Académica: 1-2.

Ao intervalo: 0-0.

Marcadores:

1-0, Brendon (65).

1-1, Traquina (74).

1-2, Djousse (90+3).

Equipas:

- Sporting da Covilhã: Carlos Henriques, Tiago Moreira, Zarabi, Brendon, Daniel Martins, Guilherme Rodrigues (Kukula, 81), Gilberto, Mica Silva, Adriano, Bonani (Santiago da Silva, 78) e Daffé (Daivison, 58).

(Suplentes: Bruno Bolas, Jaime Simões, Joel, Deivison, Santiago da Silva, Rodrigo António e Kukula).

Treinador: Ricardo Soares.

- Académica: Mika, Mike, Silvério, Zé Castro, Mauro, Dias, João Mendes (Marcos Paulo, 70), Leandro (Yuri Matias, 87), Osei, Traquina e Derik Lacerda (Djousse, 78).

(Suplentes: Tiago, Hugo Almeida, Chaby, Djousse, Marcos, Sérgio Conceição, Yuri Matias).

Treinador: João Carlos Pereira.

Árbitro: Hélder Malheiro (AF Lisboa).

Ação disciplinar: Cartão amarelo a Mauro (61), Guilherme Rodrigues (74), Silvério (80), Mike (81) e Leandro (87). Cartão vermelho direto a Mike (85).

Assistência: Cerca de 250 espetadores.

Por Lusa

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de 2ª Liga

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.