Sp. Covilhã-Aves, 0-3: Jogo resolvido na primeira parte

Todos os golos obtidos antes do intervalo

• Foto: Simão Freitas

O Desportivo das Aves venceu este domingo no reduto do Sporting da Covilhã por 3-0, na 24.ª jornada da II Liga, com golos marcados por Guedes, Ericsson e Mendy na primeira parte.

A formação de Francisco Chaló, que não ganha há cinco jogos, foi a primeira a fazer pontaria à baliza, por Bilel, mas foram os comandados de Ulisses Morais quem primeiro criou perigo, por Pedroso e Guedes, a assustar com um pontapé acrobático.

Aos 11 minutos, o Desportivo das Aves marcou mesmo: Mendy entrou pela direita e serviu Guedes, que, sozinho e perante a passividade serrana, inaugurou o marcador.

O Sporting da Covilhã reagiu, imprimindo ritmo e criando grande caudal ofensivo, sem no entanto conseguir concretizar as oportunidades criadas, já que Bilel, Gilberto e Xeka não acertaram no alvo.

Contra a corrente do jogo, aos 34 minutos, na sequência de um livre, os forasteiros aumentaram a vantagem, com Taborda, mal batido, a não segurar um cabeceamento fraco, embora a favor do vento, de Ericsson.

A três minutos do intervalo, num contra-ataque, Taborda defendeu um primeiro remate de Mendy, mas, na recarga, Renato Reis colocou ao segundo poste e o senegalês marcou o terceiro dos avenses, sentenciando, praticamente, o encontro.

Os serranos entraram determinados no reatamento, mas cedo perderam o fulgor, perante um Aves cauteloso.

Zé Pedro atirou a rasar o poste, Quim negou o golo a Bilel e pouco mais se viu aos 'leões da serra', incapazes de tirar partido do vento favorável. A melhor ocasião acabou por ser dos avenses, quando Pedró, isolado, não conseguiu bater Taborda.

Nos minutos finais, a formação orientada por Chaló intensificou a pressão e assustou, numa sucessão de cantos, por Tiago Moreira, Elton e Mailó, mas não conseguiu chegar ao golo de honra.

Jogo no Estádio José Santos Pinto, na Covilhã.

Sporting da Covilhã - Desportivo das Aves, 0-3.

Ao intervalo: 0-3.

Marcadores:

0-1, Guedes, 11 minutos.

0-2, Ericsson, 34.

0-3, Theo Mendy, 42.

Equipas:

- Sporting da Covilhã: Taborda, Tiago Moreira, Zé Pedro, Edgar (Mailó, 60), Soares, Gilberto (Zé Tiago, 46), Diarra, Xeka (Elton, 77), Davidson, Bilel e Mateus.

(Suplentes: Taborda, Massaia, Elenilson, Elton, Zé Tiago, Mailó e Kevin).

Treinador: Francisco Chaló.

- Desportivo das Aves: Quim, Chico, Emanuel, Marcos Valente, Nelson Pedroso, Ericsson, Tarcísio (Jander, 46), Pedró, Renato Reis (Filipe Martins, 71), Guedes (Vítor Alves, 66) e Theo Mendy.

(Suplentes: Diogo Freire, Jander, Filipe Martins, Zé Valente, Romaric, Joel e Vítor Alves).

Treinador: Ulisses Morais.

Árbitro: Bruno Esteves (Setúbal).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Mateus (45+1), Chico (49), Jander (58), Zé Pedro (64) e Renato Reis (70).

Assistência: Cerca de 120 espectadores.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de 2ª Liga

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.