Sp. Covilhã-Chaves, 1-2: flavienses de regresso às vitórias

Golo de Bura, aos 80', valeu triunfo da equipa visitante

O Chaves regressou esta segunda-feira às vitórias, ao vencer 2-1 o Sp. Covilhã, na 11.ª jornada da Segunda Liga, com golos de Zé Tiago (37'), de penálti, e Bura (80').

O resultado mantém os transmontanos no sétimo posto, com 18 pontos, e os leões da serra, que ainda chegaram à igualdade por Gilberto (64), na conversão de uma grande penalidade, no 11.º lugar, com os mesmos 14 pontos.

As duas equipas, vindas de derrotas e separadas por apenas um ponto, fizeram uma primeira metade equilibrada, jogada num terreno pesado, com chuva e vento muito forte, em que as ocasiões de golo escassearam.

Com ambas as formações a terem dificuldades em criar desequilíbrios, perante a organização adversária e a falta de espaços, foi o Sp. Covilhã a criar primeiro perigo, por Gui, que atirou por cima da baliza. Joel Vital também tentou a sorte, mas acertou mal na bola.

O emblema flaviense, que ainda não tinha assustado, chegou à vantagem na primeira vez em que rondou a baliza serrana.

Toro atirou forte, para a defesa de Léo Navachio para canto. Na sequência da bola parada, Artur Soares Dias assinalou grande penalidade de Daffé sobre Juninho e Zé Tiago, chamado a converter, inaugurou o marcador, aos 37 minutos.

Após o intervalo, Capucho, que há três jogos não ganha, substituiu três jogadores no ataque e um no meio-campo. Há apenas dois minutos no relvado, Inusah, na estreia pelos serranos esta temporada, rematou e Bura cortou com o braço. Da marca de grande penalidade, Gilberto empatou, aos 64 minutos.

No minuto seguinte, o Chaves, por Zé Tiago, esteve perto do golo, enquanto, na outra baliza, foi Inusah a obrigar à defesa de Paulo Vítor.

Carlos Pinto refrescou o setor intermédio e acabaria por recuperar a vantagem aos 80 minutos, na sequência de um canto batido por Benny, que sofreu um desvio na área e Bura finalizou.

Jogo no Estádio Santos Pinto, na Covilhã.

Sp. Covilhã-Chaves, 1-2

Ao intervalo: 0-1.

Marcadores:

0-1, Zé Tiago, 37 (penálti)
1-1, Gilberto, 64 (penálti)
1-2, Bura, 80.

Equipas:

- Sporting da Covilhã: Léo Navachio, Jean Felipe, André Almeida, Joel Vital, Tiago Moreira, Gilberto, Lamine (Filipe Cardoso, 46), Gleison, Enoh (Inusah, 59), Gui Inters (Rui Areias, 59) e Daffé (Deivison, 46).

(Suplentes: Bruno Bolas, Felipe Macedo, Ídris, Jorge Vilela, Leo Cá, Amessan, Daivison Borges, Inusah e Areias).

Treinador: Capucho.

- Chaves: Paulo Vítor, Rafael Viegas, Rocha, Bura, João Reis, Nuno Coelho, Zé Tiago (Luís Silva, 74), Jonathan Toro (Benny, 74), Batxi (Guedes, 60), Wellington e Juninho (João Teixeira, 87).

(Suplentes: Ricardo Moura, Benny, Raphael Guzzo, João Teixeira, Luís Silva, Guedes, Kevin Pina, José Gomes e Nicolas).

Treinador: Carlos Pinto

Árbitro: Artur Soares Dias (AF Porto).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Jean Felipe (28), Gui (45+1), Deivison (46), Joel Vital (61), Jonathan Toro (62), Gleison (73), Nuno Coelho (74), João Reis (76), Inusah (76), Gilberto (83), Juninho (84) e João Teixeira (90+4).

Assistência: Jogo realizado à porta fechada devido à pandemia de covid-19.

Por Lusa

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de 2ª Liga

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.